2017/02/06

Windows 10 Cloud tenta aplicar limitações dos smartphones aos desktops


Não é segredo que o Windows 10 tem ido buscar muita inspiração aos desenvolvimentos feito nas plataformas mobile, mas com o próximo Windows 10 Cloud isso vai ainda mais longo... mesmo a nível do que se pode instalar e executar.

A Microsoft está a ultimar uma nova versão do Windows 10 - o Windows 10 Cloud - que poderá ser um sistema operativo que visa competir com o Chrome OS dos Chromebooks, e simultaneamente ser uma nova tentativa de fazer aquilo que se pretendia fazer com o falhado Windows RT.

Neste caso, trata-se de um sistema que replicará aquilo que já é comum em plataformas como o iOS, em que só se poderão instalar e executar apps instaladas da sua loja oficial, neste caso a Windows Store.


A tentativa de correr apps de outras fontes dará direito à apresentação de um aviso de que o programa não é adequado para aquela versão do Windows, e que isso se deve a questões de segurança e de garantir que a origem do programa foi devidamente verificado.

Ora... considerando que num Windows 10 "normal" já temos acesso às app da Windows Store, para além da liberdade de podermos instalar tudo e mais alguma coisa, se assim o desejarmos, fico intrigado sobre qual será a mais valia que a MS irá apresentar para "vender" este Windows 10 Cloud. Talvez disponibilizá-lo gratuitamente?

... Por este andar, daqui por mais alguns anos a possibilidade de se instalar um programa manualmente sem ser através da loja oficial ainda começará a ser uma raridade...

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]