2017/03/23

Google Allo e Duo com novidades Brasileiras e Google Photos com backups de baixa velocidade


A Google escolheu o Brasil para apresentar algumas novidades sobre o Allo, Duo, e o Google Photos, e muitas das melhorias irão beneficiar os utilizadores de todo o mundo.

Não é frequente a Google sair do país para apresentar novidades, mas foi isso que aconteceu, demonstrando o quanto leva a sério o mercado Brasileiro. Sabendo que o Brasil é um mercado onde o sector mobile impera mas onde a qualidade das ligações nem sempre é a melhor, a Google adicionou um modo de chamadas só de voz ao Google Duo. Com este modo será possível utilizar o Duo mesmo quando se tem uma ligação de dados de baixa velocidade, ou quando o utilizador tem necessidade de poupar dados.


No Allo, passamos a ter partilha de documentos e outros ficheiros (pdf, .docs, .apk, .zip, e mp3) directamente a partir da app, ideal para enviar algo para os amigos; e passa a haver suporte para os Smart Smiley em Português do Brasil, que usa inteligência artificial para sugerir emojis e stickers relevantes para ilustrar aquilo que escrevemos. O Google Assistant também vai passar a suportar português... brasileiro.


No Google Photos, condições de rede fraca serão menos problemáticas. Os backups das fotos serão feitos num modo de qualidade reduzida quando se está numa rede 2G, e serão depois melhoradas para a qualidade total quando se tiver acesso a uma rede WiFi. A mesma técnica é aplicada à partilha de fotos, de modo a que mesmo numa rede de baixa velocidade os utilizadores possam ver fotos com qualidade razoável de forma imediata, em vez de terem que esperar longos minutos para verem algo - novamente, quando depois se tiver num local com rede com melhor qualidade, as fotos partilhadas passarão a ter a qualidade total.


... Agora é só esperar (sentado) pelo dia que o Google Assistant também se lembre que existe Português de Portugal... ;P

5 comentários:

  1. E qual é a diferença sobre o messager da google ?

    ResponderEliminar
  2. Respostas
    1. ... Não subestimar o efeito dos neurónios a escrever a altas horas da madrugada... Corrigido, obrigado. :)

      Eliminar
    2. Carlos, também há uma repetição "(...)a Google adiciona adicionou"

      Eliminar

[pub]