2017/05/15

MP3 é finalmente gratuito

O MP3 há muito que faz parte das nossas vidas, mas a partir de agora a sua utilização poderá ser feita sem pagamento de licenças devido à expiração das suas patentes.

As patentes referentes ao MP3 já tinham expirado na Europa em 2012, mas nos EUA foi preciso esperar até Abril de 2017. No entanto o caso complicava-se ainda mais devido à interdependência do MP3 com outras patentes e propriedade intelectual, que fazia com que a sua utilização pudesse não ser tão livre quanto se desejaria. Felizmente foi a própria Fraunhofer que veio esclarecer a situação e dizer que, de agora em diante, a utilização dos MP3 está livre de qualquer licenciamento e pode ser feita de forma completamente livre e gratuita.

Isto significa desde já que sistemas como o Fedora da Red Hat poderão finalmente vir com suporte para MP3 oficial; e certamente muitos outros sistemas que até agora deixavam que a inclusão de MP3 fosse feita "à responsabilidade do utilizador", passem também a integrar esse suporte logo de origem. Claro que, actualmente, a recomendação já é para que se utilize o AAC (Advanced Audio Coding) mais eficiente que o MP3.

... Dá que pensar no que seria se as protecções dadas às patentes tecnológicas fosse idêntica às que se dão aos direitos de autor... e onde nos arriscaríamos a ter que esperar quase um século para que algo passasse para o domínio público.

5 comentários:

  1. Segundo esta notícia o MP3 chegou ao fim: http://www.jornaleconomico.sapo.pt/noticias/its-over-era-mp3-chegou-oficialmente-ao-fim-158657

    llooll

    ResponderEliminar
  2. O Observador copiou uma má interpretação semelhante à do JE...
    http://observador.pt/2017/05/15/diga-adeus-ao-mp3-o-formato-esta-morto/#comment-post-2081434-1537957

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Observador já reagiu aos comentários dos leitores e reviu a notícia publicada.

      Eliminar
  3. Idem para o Pplware...
    https://pplware.sapo.pt/multimedia-2/musica/mp3-morreu-hora-comecar-reinado-do-aac/

    ResponderEliminar
  4. Acho que será tudo uma questão de perspectiva... uns podem ver a morte do MP3, eu vejo o seu renascimento enquanto tecnologia que passa a ser aberta e gratuita. :)

    ResponderEliminar

[pub]