2017/06/07

Mobília robotizada Ori amplia o espaço das casas


Em 2014 ficamos a conhecer o conceito CityHome do MIT que recorria a mobiliário transformável para triplicar o espaço útil de uma casa. Agora o sistema aproxima-se da sua comercialização e muda de nome para Ori Systems.

O conceito original prometia fazer uma casa com tudo o que se precisa numa área de apenas 20m2, e desde então tem sido testado em várias cidades nos EUA e Canadá. O mobiliário da Ori Systems ficará disponível em duas versões (Ori Full e Ori Queen) com tamanhos diferentes, e que incluem uma cama, estação de trabalho, gavetas, armário, e espaço de arrumação - com a versão Queen a incluir também um sofá.

O sistema só precisa de uma tomada eléctrica para fácil instalação e pode ser controlado a partir do seu painel de controlo, via app, ou ainda via comandos de voz na Alexa. Ainda assim, para os casos em que possa faltar a electricidade, é igualmente possível manipular manualmente todos os elementos, para garantir que uma falha de electricidade vos impeça o acesso à cama (por exemplo).

Com um preço de 10 mil dólares não será o tipo de mobiliário mais económico para quem tradicionalmente procura uma casa pequena; mas por agora o sistema também só estará disponível para construtores. Esperemos que a ideia possa inspirar outros a avançar com ideias idênticas (uma linha de mobiliário robotizado da IKEA a custo reduzido seria uma excelente proposta) e que isso possa fazer baixar os preços.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]