2017/06/19

Telemóveis chegam a 5 mil milhões de pessoas


Seria difícil prever o impacto que os telemóveis e smartphones teriam na vida das pessoas, mas há cada vez mais pessoas que podem tirar partido deles e agora passou-se a marca dos 5 mil milhões de pessoas com pelo menos um telemóvel.

O número chega-nos doGSMA Intelligence, que disponibiliza uma estimativa em tempo real do número de ligações e subscritores. Falando apenas das ligações à rede móvel, estaremos a falar de mais de 8.1 mil milhões de ligações, mas essas incluirão não só múltiplos equipamentos de um mesmo cliente, como também ligações M2M (machine-to-machine) que se estimam que neste momento sejam quase de 500 milhões e com tendência para crescer a ritmo elevado nos próximos anos. Daí que o número de clientes únicos indicado seja de 5 mil milhões, o mais alto de sempre e que representa mais do dobro face aos 2 mil milhões que se tinha há uma década atrás, e que na prática significa que duas em cada três pessoas no planeta tenha um telefone móvel.


Sem grandes surpresa é na Ásia que temos mais utilizadores (2.8 mil milhões), com a Europa a liderar em termos de penetração de mercado (86% dos europeus tem um telemóvel ou smartphone). Números que também demonstram que os mercados de maior interesse para o futuro serão aqueles em que essa taxa de penetração é mais reduzida, como na Índia (54%) e em África (44%).

Até ao final da década é esperado que o número de clientes suba para os 5.7 mil milhões, com a maior parte deste crescimento a vir precisamente de países como a Índia, onde fabricantes de smartphones têm feito uma enorme aposta nos últimos anos. Nessa altura, 75% da população mundial estará à distância de apenas uma chamada telefónica, estejam onde estiverem (desde que tenham rede, claro).

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]