2017/07/27

Google Home com problemas em controlar lâmpadas Philips Hue


Os utilizadores com Google Home e lâmpadas Philips Hue têm-se deparado com um problema intrigante que os faz deixar de ter controlo sobre a iluminação.

Ter uma casa inteligente pode ser uma proposta tentadora... mas a suposta inteligência pode também tornar-se numa dor de cabeça para os utilizadores, quando as coisas deixarem de funcionar como seria suposto. Neste caso, utilizadores com o Google Home, que estavam habituados a poder acender e apagar as lâmpadas Philips Hue com um simples comando de voz, deixaram de o conseguir fazer.

O mais caricato - para além de tudo continuar a funcionar bem usando sistemas alternativos, como o Amazon Echo, e que demonstra que o problema não está nas lâmpadas nem do lado do sistema Hue - é que alguns utilizadores dizem que continua a ser possível dar alguns comandos, como ajustar a intensidade das lâmpadas, mas não o comando de acender e/ou apagar. Sendo que alguns utilizadores suspeitam que este bug possa estar relacionado com as alterações que a Google fez para que o Google Home reconhecesse múltiplos utilizadores.

Pior do que ter uma casa "burra", será ter uma casa inteligente que nos diz que não pode efectuar comandos tão básicos quanto acender ou apagar uma lâmpada... mas que nos deixa dizer para colocar a sua intensidade a 99% ou a 1%... Acho que teremos que nos ir mentalizando para, ao ligar para o apoio técnico de certos equipamentos inteligentes no futuro, potencialmente termos que lidar com o pedido: "Já experimentou fazer reboot à sua casa?"

2 comentários:

  1. qual outra lampada pode ser utilizada com o Google Home? Alguma indicação?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Yeelight, WeMo, Wink, Kasa, SmartThings, Lightify, Mydlink, LightwaveRF, LIFX, Emberlight, ou usando módulos tipo os Sonoff e muitos outros... (isto para os que têm integração directa; via IFTTT tens ainda mais opções, assim como via sistemas tipo SmartThings...)

      Eliminar

[pub]