2017/08/23

Drones DJI Spark só voam até 1 de Setembro se não forem actualizados


Não são baterias explosivas mas os resultados podem ser igualmente catastróficos, motivo pelo qual a DJI está a obrigar todos os utilizadores a actualizarem o firmware dos Spark, ou os mesmos deixarão de poder voar a partir de 1 de Setembro.

Para uma actualização que a DJI considera ser crítica e obrigatória, os detalhes sobre o que faz são bastante reduzidos, fazendo apenas uma ligeira referência à "gestão e optimização da energia durante o voo" e focando-se principalmente nas novidades como a integração com os óculos da DJI, novos gestos de controlo da câmara, melhor estabilização no lançamento, etc.

No entanto, tudo faz imaginar que o ponto crítico tenha a ver com alguns drones que simplesmente caíram do céu por terem ficado sem bateria (ou pensarem que estavam sem bateria), coisa que felizmente afectou apenas um número reduzido de máquinas, mas que a DJI seguramente quererá evitar que se repita - pois já sabemos como é fácil perder a confiança e credibilidade junto do público.

O que é certo é que se os utilizadores não fizerem a dita actualização, que será disponibilizada esta semana, até ao dia 1 de Setembro, a DJI diz que o Spark se recusará a voar a partir dessa data. Uma medida que será eficaz mas que também levanta algumas questões e preocupações: como o facto da DJI conseguir controlar remotamente aquilo que os seus drones fazem... mas por outro lado, não será propriamente novidade na marca. Interrogo-me como é que este tipo de controlo poderá ser compatibilizado com a promessa dos seus drones terem um modo de voo "offline" para garantir precisamente que não há qualquer dependência de terceiros...

1 comentário:

  1. Não restam dúvidas de que a DJI realmente controla os seus aparelhos e faz o que bem lhes apetecer, e que os militares dos EUA sabiam do que falavam quando disseram que não iriam mais utilizar equipamentos desta empresa... já que como é óbvio os militares não podem ter equipamento que outra nação possa controlar a seu belo prazer.

    ResponderEliminar

[pub]