2017/09/18

Martin Cooper - "pai" dos telemóveis- vem a Portugal


No ano quem que o Instituto de Telecomunicações faz 25 anos, teremos em Portugal uma visita de peso. Martin Cooper, considerado o Pai dos Telemóveis vai estar na Techdays em Aveiro a 12 de Outubro.

Uma lenda da indústria digital e da Motorola vai partilhar a sua história do passado e do futuro dos telemóveis, será uma viagem alucinante sobre o passado e o futuro do dispositivo que mudou o mundo.

Martin Cooper concebeu o primeiro telemóvel e liderou a equipa que criou o primeiro telefone em 1973. Contribuiu para a tecnologia do setor de comunicações sem fios há mais de 60 anos como inventor, empresário e executivo. É conhecido como o "Pai do telefone celular portátil".

Durante seu mandato de 29 anos na Motorola, Cooper for gerente de divisão e atuou como Diretor Corporativo de R&D. Posteriormente, foi um empreendedor de sucesso e criou várias empresas, incluindo a Cellular Business Systems, que foi líder na indústria de faturamento celular dos EUA na década de 1980, bem como a ArrayComm, que se tornou líder mundial em tecnologia de antenas inteligentes. A sua esposa, Arlene Harris e Cooper, cofundaram a GreatCall, Inc., fabricante do telefone e serviço Jitterbug.

Hoje, Cooper é presidente e co-fundador da Dyna LLC, uma incubadora empresarial. É membro da Academia Nacional de Engenharia dos EUA, foi um dos laureados do Prêmio Marconi e Prêmio das Astúrias. Em 2007 a Time Magazine, nomeou-o um dos 100 maiores inventores da história. Martin Cooper irá estar presente nas comemorações dos 25 anos do IT, integrando um painel de oradores de reconhecimento internacional sem par em Portugal, junta-te a nós nesta aventura tecnológica.

6 comentários:

  1. E agora pergunto, ANACOM e IT não serão entidades em duplicado?

    ResponderEliminar
  2. Porquê usar corrector ortográfico em PT-BR?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O comunicado está redigido conforme a ortografia em vigor na República Portuguesa.

      Eliminar
  3. ANACOM e o IT não têm funções/responsabilidades em duplicado?
    Há necessidade de haver duas entidades a tratar quase da mesma coisa?

    ResponderEliminar
  4. Seria interessante sabermos se o senhor tem noção de que somos dos poucos povos que "cunharam" uma palavra nova para a sua invenção. 😁

    ResponderEliminar

[pub]