2017/10/09

Google Home e Assistant ficam mais úteis em casa

A Google parece estar finalmente a acelerar o passo para impedir que a Amazon se distancie ainda mais com os seus Echo, e para isso está a fazer um forte investimento nas capacidades do Google Home e do seu Assistant.


Os assistentes pessoais fazem cada vez mais parte das nossas vidas, auxiliando-nos sempre que necessário, de múltiplas formas. A crescente aposta na inteligência artificial permite melhorar as funcionalidades que os assistentes podem disponibilizar, antecipando o que o utilizador vai fazer, disponibilizando informações em tempo útil.

Já hoje falámos sobre o facto de o Google Home passar a ter um modo nocturno e voz masculina, mas as novidades não se ficam por aqui. Fizemos uma selecção das novidades que considerámos mais interessantes, as quais apresentamos em baixo.

O Spotify é uma das muitas formas de utilizar o Google Home e alguns utilizadores já tinham a possibilidade de pedir para ouvir determinada música ou artista. Esta opção passa agora a estar acessível a todos os que a desejem utilizar via Google Assistant, pelo que quer tenham um Google Home ou não, bastará uma conta Spotify e já podem ouvir música com um simples pedido de voz.

As Rotinas são semelhantes ao serviço que o IFTTT disponibiliza, com o utilizador a poder definir uma sequência de acções através de um comando personalizado. Um "OK Google, good morning" pode acender as luzes de casa. A funcionalidade Voice Match será interessante para quem tenha um agregado familiar, com o Home a ser capaz de distinguir a voz dos membros da família e assim executar os comandos que cada um definiu (algo que até aqui também estava reservado apenas aos EUA).

O Broadcast é outra função que poderá ser útil no ambiente familiar, caso tenham mais do que um Google Home em casa. Um "Ok Google, broadcast: Dinner's ready!" vai fazer com que se ouça um "Dinner's ready!" nos restantes equipamentos Home espalhados pela casa, não havendo assim desculpa para miúdos e graúdos não chegarem à mesa a tempo. Vai ser por certo uma boa razão para comprar dois ou três Google Home Mini... ou Max. :)

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]