2017/10/05

HTC U11 Life também aposta no Android One

A HTC junta-se ao número crescente de fabricantes que reforça a aposta no Android One, preparando uma versão do U11 Life com este sistema Android que se mantém praticamente inalterado face ao Android da Google.


O facto de o Android One estar a ganhar uma segunda vida não deverá ser novidade nesta altura. O inesperado Xiaomi Mi A1 teve seguimento na Motorola com uma versão Android One do novo Moto X4 e o mesmo se vai passar na HTC com o U11 Life.

Segundo os últimos rumores, este U11 Life em versão Android One virá equipado com ecrã Full HD de 5.2", Snapdragon 630, 3GB+32GB ou 4GB+64GB, câmaras de 16MP/16MP, protecção IP67, partes laterais sensíveis ao toque (Edge Sense), e o mais recente Android 8.0 Oreo (como seria de esperar num modelo Android One).

Não há aqui grandes surpresas, pois a HTC utiliza o U11 Life como base para esta versão Android One. É um equipamento de gama média, com especificações que garantem um desempenho sem preocupações, exceptuando a bateria de 2600mAh, manifestamente inferior à utilizada pelo Moto X4 (3000mAh) e do Mi A1 (3080mAh). Este pode muito bem ser um factor que desequilibre a balança para os lados da Motorola.

Em termos de preço, este U11 Life está apontado para os $400 nos EUA, o que deverá equivaler a algo como €450 no nosso mercado. Tendo em conta o facto de que temos o OnePlus 5 neste mesmo patamar de preço e que facilmente se encontra o Xiaomi Mi A1 a menos de €200, é caso para dizer que não basta uma boa ideia para ter sucesso no mercado.

Os próximos tempos vão-nos mostrar se o factor preço será ou não factor decisivo na compra do smartphone. HTC e Motorola serão as cobaias nesta nova vida do Android One, projecto que parece ter direito a uma nova revitalização com esta nova aposta de diversos fabricantes... e que apenas nos faz desejar que mais sigam o mesmo exemplo: imaginar um OnePlus 5 a correr Android One, ou até mesmo modelos como os Galaxy S8 ou LG G6 e V30 com Android One... era de luxo! (Se bem que, na prática, o Pixel 2 XL é um V30 com Android "One"! :)

3 comentários:

  1. Aposto na linha Android One como resposta ao "saudosismo" de equipamentos simpáticos e acessíveis, por exemplo o Nexus 4 ou Nexus 5.

    ResponderEliminar
  2. Se o programa fosse oficialmente oferecido em Portugal, o meu proximo dispositivo seria entre o Moto X4 A1 ou este HTC, ando à procura de algo com atualizações de confiança abaixo à volta de 400€, e os Nokia 5/6 deixam a desejar no chipset

    ResponderEliminar

[pub]