2017/11/15

Samsung Galaxy S9 vem com câmara frontal integrada no ecrã?


Com o Galaxy Note 8 lançado e a comportar-se bem, é altura das atenções de voltarem para o próximo grande lançamento da Samsung, o Galaxy S9, que pode chegar com algumas novidades engraçadas.

Com o anúncio de que ainda não será no Galaxy S9 que veremos um sensor de impressões digitais integrado no ecrã, temos algumas - alegadas - imagens do próximo topo de gama que já permitem ir vendo algumas das melhorias que a Samsung prepara.

Na tampa traseira, a Samsung parece ter reconhecido que o posicionamento do sensor de impressões digitais ao lado do módulo da câmara, um dos ponto mais criticados pelos utilizadores, não era o mais apropriado.


Segundo a imagem, para o S9 a Samsung irá colocar o bloco da câmara dupla centrado no corpo do smartphone, com o sensor de impressões digitais a ficar posicionado debaixo dele. Ainda fica encostado às câmaras, mas será menos provável que o dedo passe a deslizar continuamente por cima das lentes à procura do sensor... e todos os milímetros contam para que fique numa posição mais natural quando se pega no smartphone. (Ainda assim, continuo a não ser fã dos sensores na traseira - talvez por passar grande parte do tempo a usar o smartphone pousado na mesa e não ser nada prático desbloqueá-los com o sensor inacessível. ;P)


Mas as principais novidades podem surgir na parte da frente...


Pela imagem revelada para o vidro frontal, a Samsung volta a expandir o ecrã e a reduzir as margens que ainda restam, em cima e em baixo. Ora... isto origina um grande problema: onde colocar os sensores e câmaras frontais? Se levarmos a imagem literalmente, põe-se a possibilidade da Samsung ter conseguido incluir todo esse bloco sob o próprio ecrã.

Sem dúvida que seria um detalhe bastante curioso... mas que sinceramente não acredito que se venha a concretizar, nem que se seja pelo simples motivo da complicação que isto representaria a nível de "interferência visual" com o interface do sistema. Se actualmente já se critica a Apple por ter o recorte no ecrã, imagine-se o que seria ter que lidar com vários furos e ranhuras? Seria uma enorme dor de cabeça... a não ser que a Samsung tivesse outro trunfo na manga: ter conseguido combinar o processo de fabrico dos seus ecrãs OLED transparentes nesta secção, o que teoricamente permitiria continuar a usar o ecrã completo, sem "furos" que fossem visíveis.

Isso sim, seria uma grande novidade mas, imaginando o que isso implicaria (a câmara frontal receberia muito menos luz, e seria penalizada drasticamente), também não penso que a Samsung se arriscasse a fazer isso no seu topo de gama - sendo mais adequada para um qualquer modelo experimental com volume de produção mais reduzido, para avaliar o interesse do público.

Provavelmente descobriremos em breve, pois há quem diga que o Galaxy S9 poderá ser revelado já em Janeiro de 2018... e estamos a menos de dois meses de distância.

2 comentários:

  1. Da mesma maneira que Apple surpreendeu tudo e todos e removeu o jack 3.5,se calhar a Samsung irá remover também a câmara frontal. Acho improvável mas nunca se sabe. Ou então consegui-o implementá-la nos 1 ou 2mm do rebordo em cima.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não pode... e nem sequer é só uma câmara: também tem a câmara IR para o reconhecimento de íris; que a Samsung certamente quererá manter como alternativa ao Face ID da Apple (e que funciona bastante bem, embora devesse dispensar o passo manual de o activar, para o tornar mais prático de usar no dia a dia.)

      Eliminar

[pub]