2018/01/11

Telegram tinha app falsa Teligram na Play Store


A popular app de mensagens Telegram tinha uma congénere falsa chamada Teligram na Play Store da Google, que apresentava publicidade aos utilizadores.

Se por um lado se pode por em causa o controlo de qualidade que a Google tem, ao deixar chegar à Play Store apps que manifestamente se tentam fazer passar por apps legítimas; o que é certo é que os utilizadores já não podem confiar cegamente nas apps que lhes surgem numa pesquisa na Play Store, e onde um simples erro de escrita os pode levar para apps que replicam o aspecto visual das apps legítimas... mas sendo apps falsificadas que nada têm a ver com as originais.

Foi esse o caso desta app "Teligram" (entretanto já removida da Play Store pela Google) e que se tentava fazer passar pela app Telegram, com a pequena diferença de que apresentava publicidade.

Mas a ameaça não se fica por aqui. Embora esta versão não parecesse fazer nada de mal (para além de apresentar publicidade), também foram descobertas apps do Telegram falsificadas, criadas a partir do seu código open-source, mas incluindo malware que permite a um atacante ter acesso remoto ao smartphone e usá-lo para roubar dados ou para clicar em publicidade de forma automática. Estas versões não têm chegado à Play Store (pelo menos, que se tenha detectado) mas têm proliferado por via de sites que disponibilizam apks para instalação directa.

Como sempre, mantém-se a regra: muito cuidado com aquilo que instalavam no vosso smartphone. Em caso de dúvida ou da mínima suspeita, o melhor é não instalarem qualquer app até que possam garantir a 100% que se trata da app legítima.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]