2008/10/28

ZON, Internet Ilimitada... mas com Limites

Nem demoraram muito tempo a responder-me aquilo que já era de esperar...

Se lerem o artigo que deu origem a este, sobre os consumos pseudo-ilimitados que os nossos fornecedores de acesso à Internet nos oferecem, sabem do que estou a falar.

Muito simplesmente perguntei-lhes:

1) Como poderia configurar os alertas de tráfego para detectar situações "anormais".

2) Em que consiste *concretamente* a tal política de utilização aceitável que "varia" em funçao do "perfil" dos utilizadores.


Quanto à primeira pergunta, depois de 3 ou 4 emails em que me andaram a empurrar para as páginas de perguntas frequentes, incluindo as páginas de "criação dos alertas de tráfego", lá conseguiram chegar à conclusão de que:

AFINAL NÃO POSSO CRIAR ALERTAS - uma vez que tenho um tarifário com tráfego ilimitado!
(muito útil, portanto...)


Quanto à segunda pergunta, o assunto é mais complicado...
Tal como a receita da Coca-cola, parece ser segredo muito bem guardado - ou então ninguém sabe mesmo como é que o tal "aceitável" é calculado.

Segundo as suas próprias palavras:

Em suma, o que poderá ser considerado excessivo dependerá de vários factores, desde a duração de tempo da utilização excessiva contínua, até ao total de largura de banda utilizada, factor relevante quando começa a ter impacto na qualidade do serviço disponibilizado à globalidade dos nossos Clientes.
Ou seja, continuamos no mesmo... é um limite que nunca ninguém perceberá bem como funciona.

Só gostava agora que alguém me explicasse como é que uma companhia pode vender um serviço baseado num conceito de "aceitável" ou "razoável" que varia em função de tanta coisa que não se sabe...

Uma vez que o seu serviço se baseia em vender uma coisa que não têm (imaginem o que seria se todos os utilizadores, no mesmo momento exigissem ter a largura de banda que estão a pagar) o mínimo que seria exigível seria saber exactamente em que consistem essas regras de utilização aceitável.

E no mínimo fornecer mecanismos de aviso de situações anómalas - tipo os tais alarmes, que até nem estão disponíveis por se tratar de tarifários "ilimitados"! - para detectar situações deste tipo antes de se chegar ao tal limite "abusivo."

6 comentários:

  1. é uma palhaçada... é não ligar ao que eles dizem... são uns bullys... tentam com estes mails e avisos intimidar as pessoas!!! É mas é continuar a usar aquilo que pagamos e bem da maneira que muito bem entendermos! :D

    ResponderEliminar
  2. Dá mesmo vontade de fazer download de mais 300GB - desta vez de forma "oficial" - para que passe a ser "aceitável" no meu perfil! :)

    Pelo menos, sacar o novo ubuntu daqui a 2 dias nas suas várias modalidades, vai ser certinho! :)

    ResponderEliminar
  3. Isso é que era de valor para eles aprenderem a respeitar as pessoas e não mudar as regras do jogo a meio!

    =)

    ResponderEliminar
  4. e ate podes sacar por torrents q assim ajudas a comunidade PT e eles n podem pegar:
    http://torrent.ubuntu.com:6969/


    tens tb aki TODOS os ISOs, mas o servidor vai arriar no dia de lançamento:
    http://cdimage.ubuntu.com/

    ResponderEliminar
  5. Eles têm que fazer estas merdas porque não têm infra-estrutura capaz de aguentar com uma utilização (ao máximo) de todos os utilizadores!

    Isso seria um investimento demasiado caro e é mais simples fazer estas coisas de artista (especialmente pelas aparentes relações de proximidade e impunidade com a Anacom).

    Faz como eu pah, tenho clix a 24mbps cá em casa (embora só sincronize a 3 ou 4mbps - vale a pena pelas chamadas para o estrangeiro e pelo 1mbps de upstream) e uso credenciais empresariais da novis (onde não tenho limites de tráfego :oP).

    Gostava sinceramente de ir para cabo (só porque ai teria "garantida" a velocidade de downstream) mas para esta pouca vergonha prefiro estar como estou!

    Já pensei até por cá uma netcabo só para "backup" mas...nunca levei a cabo!

    ResponderEliminar
  6. Enquanto for tendo os downloads a 2MBytes/seg não me vou preocupando muito - tirando os ocasionais precalços, como foi com o caso dos traffic shapings que me lixava a autenticação do ET:QuakeWars... e me ir "divertindo" de vez em quando com estas respostas enlatadas que eles são "obrigados" a dar.

    ResponderEliminar

[pub]