2010/01/27

Apple iPad


Eis que o "iTablet" foi finalmente anunciado pela Apple: e o seu nome é...

Actualização: análise ao Apple iPad já online.

Os detalhes técnicos de hardware: WiFi N, Bluetooth, LCD de 9.7" Led IPS (que garante um ângulo de visão sem variações de cor) com resolução de 1024x768 e com sensor de luminosidade, CPU A4 criado especialmente para o iPad (a 1Ghz), extremamente fino (0.5") e leve, acelerómetro, bússula, colunas, microfone, e existe em versões de 16/32/64GB e com/sem 3G (as versões sem 3G não têm A-GPS nem serviço de geo-localização). Estranhamente, não tem câmara - o que me parece uma grande falha.



O iPad pode correr as Apps do iPhone sem qualquer alteração, e podem escolher vê-las em tamanho real ou em ecrã completo (com imagem "esticada.")

Boa surpresa: a autonomia. Com 10h de utilização e até 1 mês em standby.



Até aqui nada de novo. Era o que as pessoas esperavam e estavam até um pouco "desiludidas" por ser aquilo que se imaginava que seria. Mas depois chegou a altura do preço. Depois de uns iniciais (e desanimadores) $999... eis que surgiu a grande surpresa da noite ao melhor estilo "TV Shop": o iPad irá estar disponível a partir de $499!


Foi esta a grande "bomba" da noite. De repente toda a gente se interessou novamente. :)

Este preço é do modelo base, de 16GB e sem 3G. Os modelos com 3G são mais caros $130.
(E por cá acho que poderemos apontar para uma conversão USD=EUR, ou seja preços a partir dos 500 eur.)

O iPad irá estar à venda dentro de 60 dias, e o SDK para o desenvolvimento de Apps específicas está disponível já hoje.

Há muita coisa ainda por se resolver: a razão da ausência duma webcam (impossibilitando o seu uso para Apps de realidade aumentada, e video chat, por exemplo), se irá suportar multitasking (não se disse nada sobre a nova versão do iPhone OS 4.0), etc.

Actualização: Aqui está o vídeo integral da apresentação.


Fiquem com mais algumas imagens (ou espreitem este vídeo que mostra como o iPad parece ter uma velocidade -e tempo de resposta de utilização- bastante interessante) deste aparelho que me parece assim bem apetecível - se chegar até nós com um preço inferior a 500 euros.



20 comentários:

  1. O preço veio-lhe dar outro sabor no entanto acho que todo o alarido à volta criado não foi muito bom pois acho que lá no fundo sente-se um ar de desilusão aí pela internet a nivel de novidades mas realmente o preço compensa.

    ResponderEliminar
  2. sem multitasking é completamente #fail....

    ResponderEliminar
  3. à uns momentos atrás o Carlos disse, "Este é a primeira geração"...

    A na realidade é isso mesmo, já me decidi, não vou sequer por mais em causa compra-lo. Não o vou fazer, não satisfaz todos os meus requisitos.

    Vou optar, pelo MacBook Pro.

    Mas, não deixa de ser uma evolução que mais nenhuma marca conseguiu, dou-lhe todo o mérito por isso... é a porra das expectativas elevadas, estragam tudo. :/

    ResponderEliminar
  4. Eu ainda não sei se comprarei ou não: é certamente uma boa compra para quem optar fazê-lo.

    (E ter em atenção que ainda nem sequer estão a imaginar a "enxurrada" de Apps para iPad que irão surgir nos próximos tempos - muitas que nos irão dar vontade de o comprar!)

    O meu problema é: se já actualmente é complicado ir actualizando o iPhone de ano a ano - ainda mais complicado será se tivermos iPhone e iPad que queiramos actualizar.

    É uma questão de fazer contas... ver por quanto poderá ficar se o quiser vender daqui por um ano para trocar pelo novo, etc.

    Em conclusão: é uma bela máquina e com um preço imbatível, mas -no meu caso- tenho que fazer as contas a longo prazo.

    Mas custa... e vê-lo em funcionamento dá ainda mais vontade de o comprar! :)

    ResponderEliminar
  5. Eu acho que é uma boa compra em relação ao preço e visto que isto é um tablet para estar em casa faz todo o sentido que seja como está faltando na minha opinião uma camera que foi o unico fail de resto é assim que tinha que ser para poder ter um preço bom.

    Eu já tinha referido tambem que "é a porra das expectativas elevadas, estragam tudo. :/" para atingirem as expectativas tão elevadas dos utilizadores isto teria mesmo que tirar cafés e ia aparecer com um preço ainda mais absurdo o que ia fazer com que a recepção não fosse boa. Para estar em casa na sala em que qualquer pessoa chega lá e faz o que tem a fazer, email, net, chat, media, alguma produtividade, para que é necessário mais que o que já trás?

    ResponderEliminar
  6. Esta coisa de o iPad aparecer com duas versões - a "iPod Touch grande" e a "iPhone grande" - é capaz de estar bem pensada e os preços até ficaram dentro de limites aceitáveis.

    Agora o que eu não estou a ver é como levo o resto da família (a que faz contas, não a parte que só gasta) a comprá-lo.

    Um iPhone passa sempre por um telemóvel que se precisa e um computador novo é para trabalhar (ou faz de conta, porque às vezes o anterior ainda durava mais um ano ou dois).

    Agora o iTab .... Ainda por cima se for com 3G é mais uma assinatura a pagar ... Não estou a ver lá muito bem. Talvez se usar o truque de o oferecer à minha mulher ... como mais uma coisa que não lhe interessa muito e acaba por ficar para mim ;-)

    Não está na minha lista de compras prioritárias.

    ResponderEliminar
  7. Há uma aplicação para "emular" multitasking no iphone.. se isto corre aplicações de iphone, deve funcionar.

    De qualquer forma, essa é uma das grandes falhas..

    Já se sabe como é.. não podem lançar um produto perfeito.. porque depois quem iria comprar o iTab v2 daqui a um ano?

    ResponderEliminar
  8. Acima de tudo temos que destacar o facto de isto vir abrir o mercado pois agora todas aquelas empresas que já tinham mostrado os protótipos e tinham ideias de lançar um tablet vão poder ver onde este falhou e apostarem no seu produto. De certeza que vai trazer para o mercado produtos bastante interessantes e a preços ainda mais interessantes se tudo correr bem, vamos esperar para ver :)

    ResponderEliminar
  9. Dos passos, não poderia concordar mais contigo. A tua comparação ao ipod touch e ao iphone é realmente a minha perspectiva. O processador acelerado será apenas a compensação para o aumento de resolução.
    Vantagens do produto? São as mesmas que o iphone e ipod touch oferecem, com um ecrã maior.
    Para mim foi uma decepção, esperava mais! Mas isso não quer dizer que o produto seja mau... longe disso! Até acredito que me venha a surpreender.

    ResponderEliminar
  10. QGC (que grandes cromos)... a coisa saiu completamente ao lado. Claramente o selo Apple ( corrente ) a lançar um gadjet com CPU proprietário - nem o pessoal que gosta de embedded devices lhe pega...

    Lembro que o pessoal falava dos EEEPC como um brinquedo caro - para mim nunca o foi. Agora, esta coisa?? Claramente um brinquedo caro. Que grande tiro no pé (pode ser que o pessoal seja mm bruto e que compre isto). Ainda por nem sequer tem um SO decente. Para instalar programas também é necessária a AppStore ?.

    ResponderEliminar
  11. Caro anónimo.

    O CPU "proprietário" é um SoC baseado em ARM, que permite ter o desempenho que acharam necessário com os consumos reduzidos; sem terem que depender de todos os outros chips semelhantes que existem no mercado.

    Quanto a ser caro ou barato... isso ficará ao critério de cada um.

    Quanto à App Store, e à possibilidade de instalar/comprar programas num único toque, sem ter que se incomodar com mais nada... Não me parece que tenha sido factor impeditivo para os milhões de utilizadores que já o fizeram mais de 3 mil milhões de vezes... nestes poucos anos desde o lançamento da App Store.
    (E cujo conceito tem sido copiada por todas as restantes emrpesas: Microsoft, Google, Nokia, etc.)

    Não será perfeito, nada o é... mas não tenho dúvida que este iPad irá ser um sucesso... Mas daqui por um ano falaremos e veremos qual de nós se enganou. :)

    ResponderEliminar
  12. Agora só falta mesmo esperar pelo Jailbreak para o ipad. Comprá-lo? Não!! Se tivesse mais 2 braços talvez....

    ResponderEliminar
  13. Vou falar um pouco sobre todas essas questões no post que se segue - o rescaldo do iPad. :)

    ResponderEliminar
  14. Não percebo bem certas opções da Apple, como a resolução de ecrã. 1024*768 é uma resolução 4:3 numa era 16:9. Nem a proporção largura/altura do iphone é respeitada, passando de 1.5 para 1.33.
    Mais ainda, não se respeitando essa proporção porque, numa época de HD, não terem optado por um 1280*768 ou um 1280*720?
    O que eu questiono é se o aumento de velocidade do CPU (60%)acompanha o aumento de 512% no numero de pixels no ecrã, mantendo-se desta forma uma performance idêntica à do iphone mas numa resolução superior.

    ResponderEliminar
  15. @Mário, falo disso no rescaldo... :)

    Quanto aos speeds, esquece: os vídeos já provaram que mesmo com a resolução extra, este iPad mexe-se ainda melhor que um iPhone 3GS... portanto, os "pixeis extra" não lhe "pesam"! :)

    (A acompanhar o CPU bastante melhorado, e ao melhor nível dos Tegra, Tegra 2, certamente terá tido também iguais melhoramentos nos chips gráficos, obviamente.)

    ResponderEliminar
  16. Carlos: Videos é uma coisa, performance geral é outra. O iphone reproduz videos a 480p sem problemas, e provavelmente até com muito mais pois meu N800 reproduz mpeg4 a 800*600 e com um processador a 400 Mhz, apesar de a performance não ser a melhor e o recomendado ser uns 480p.
    Videos a 720p não me sossegam quanto à questão da performance. Basta ver uma Geforce 8100 a tratar de toda a descodificação video HD 1080p sem problemas graças ao suporte CUDA, mas quando lhe metes 3D jogos a 1024*768 só correm perfeitos se tiverem alguma idade.

    ResponderEliminar
  17. Brilhante!! Diz muitas verdades...
    http://j.mp/8ZoWpu

    ResponderEliminar
  18. @Mário
    OS vídeos que se têm visto, mostram-no em apps genéricas, browsing, a fluidez com que faz a rotação portrait/landscape, etc. Isso é a prova de que ele se comporta bem nessas actividades que são as que se esperam dum aparelho deste tipo.

    Se aquilo terá a potência 3D de uma Nvidia 275? Claro que não... Portanto, quem quer jogar Crysis a 1920, pode esquecer este iPad (pelo menos até chegar o OnLive! ;)
    Mas, voltando ao ponto em questão: está uma máquina bem equilibrada e que oferece bom desempenho, e que terá uma vasta colecção de "Apps para tudo", que deixarão os seus utilizadores contentes.

    ResponderEliminar
  19. É por isso que gosto de ti Carlos... És muito ponderado no que dizes... É impossível ter argumentos ;) Mas de qq maneira acho que percebes as dúvidas que me assaltam.

    ResponderEliminar
  20. Very useful links provided here.. all are Very nice.. Thank you for sharing…

    ResponderEliminar

[pub]