2010/10/12

Análise ao Android Tablet "Low Cost"


Com a recente moda dos Tablets, eis que decidimos ver que tal se comportaria um dos tablets Android de baixo custo que nos chegam do mercado oriental. Para isso, nada melhor que ter dado uso ao nosso fundo de gadgets para aquisição deste ePad Android com um preço inferior a 100€ (não fosse a "lotaria da alfândega" ter decido cobrar-me cerca de 50€ extra em taxas e despesas e sei lá que mais!)




Aspecto Físico

Este Tablet Android genérico (um ePad Fly Touch) não esconde as inspirações estéticas... passando até por um pequeno iPad de 7"! :)



No entanto, ao contrário de qualquer tablet da Apple... este corre o nosso bem conhecido Android.

Não esperem uma robustez a toda a prova; todo ele é em plástico (que eventualmente "promete" começar a descascar ao fim de alguns meses); e o ecrã tem um aspecto baço - sem dúvida devido ao touchscreen resistivo utilizado.


Considerando o seu baixo custo, não se pode dizer que esteja longe do que se esperaria...

Características Técnicas

No seu interior encontramos:
  • Google Android OS 1.6
  • Processor  VIA WM8505 ARM926
  • Memory 256MB DDR2
  • Capacity 2GB NAND FLASH, support SDHC TF card up to 16GB
  • Display 7" high-brightness TFT LCD wide screen touch display (800x480)
  • Sensor de orientação com rotação automática do ecrã
  • Network   802.11b/g Wi-Fi (e RJ45 via adaptador fornecido)
  • Camera de 1.3 Mp 
  • Microphone  
  • Speaker  
  • 1 * Micro SD/TF card slot (support up to 16GB)
  • 1 * 30 pin interface (with adapter can be 2*USB HUB and RJ45 network interface)
  • 1 * 3.5mm Stereo Audio out
  • Bateria 1800mAh rechargeable battery
  • Dimensões: 20 cm x 12.6 cm x 1.6 cm
  • Peso: 834 g


Em Funcionamento

Da primeira vez que liguei o Tablet - um processo que demora mais de 1 minuto - até fiquei surpreendido com o ecrã. Com 800x480, e mesmo com a película baça do touchscreen, é bastante razoável.




No entanto, rapidamente a surpresa deu lugar à triste realidade: tem bom aspecto... mas a velocidade... ai ai...
Ao chamar o ecrã das aplicações, o quadro arrasta-se lentamente pelo ecrã... e qualquer tentativa de scroll é acompanhada de lag "quanto baste".


Ecrã de activação do "acelerómetro" para a rotação automática do ecrã. Em alternativa, temos um soft button na barra de topo que permite rodar manualmente.





Outra coisa boa que vinha instalada de série: um icon na barra superior que permite capturar o ecrã! Bem podem imaginar o jeito que me deu!


Sim, este tablet tem acesso ao Android Market, e até já apareciam os preços em euros que recentemente foram disponibilizados das Apps pagas para Portugal.

Mais algumas capturas de ecrã - com o seu bom aspecto:





Outra das Apps que vinha pré-instalada, e que tem "bom aspecto", e que - por si só - já tornaria este Android interessante, nem que fosse só como "relógio" digital para ter na cabeceira da cama, ou para ver fotos como moldura digital (afinal, há molduras que até custam mais!)

Mais alguns ecrãs... (O YouTube não permitia ver nenhum vídeo na altura em que gravei o vídeo...)




O stylus extensível; fornecido com o tablet, mas sem local de encaixe. Têm que o carrgar por vossa conta e risco.


O "famoso" adaptador que disponibiliza duas portas USB e... uma porta de rede ethernet!




A webcam, de qualidade muito fraca... e numa App que apenas preenche metade do ecrã e de funcionamento extremamente lento - a roçar o desesperante.


Vídeo do ePad em Funcionamento




Apreciação Final

Como dá para ver no vídeo, a utilização deste Tablet requer alguma paciência. Sinceramente, esperava que fosse um bocadinho melhor, com os 256MB de RAM, mas parece que o problema é mesmo a lentidão do CPU. Com um firmware alternativo provavelmente conseguir-se-á tirar um melhor proveito do equipamento - é que, embora seja lento, há partes que são verdadeiramente utilizáveis, como é o caso do teclado... que me surpreendeu pela positiva.
Navegar pela net só é aconselhável em páginas que não sejam muito pesadas, e a autonomia também não permite grandes aventuras... um par de horas de utilização e, de volta ao carregador.
Com todos estes senão, há um factor essencial que não pode ser esquecido: estamos a falar de um equipamento que custa cerca de 80€(!) - não fossem as despesas de alfândega.

Por esse preço, torna-se num "brinquedo" interessante, nem que seja para ser usado como "ecrã secundário" para ver as condições atmosféricas, passar fotos, ou até servir de interface touch numa App ou página Web específicas.

Custando mais de 130€... aí a conversa é outra, e necessitará de uma análise mais cuidada em função das necessidades do potencial comprador. (Novamente, relembro que será bastante provável que o desempenho seja melhorado com um firmware alternativo - algo que o João David, o dono deste tablet, certamente irá explorar e se encarregará de nos informar nos próximos tempos.)

A pontuação final é complicada... pelos 80€ não hesitaria em lhe atribuir um morno, mas pelo preço "alfandegário" a que me chegou às mãos, e considerando que deverão estar a surgir tablets com hardware mais atractivo nesta gama de preços, a opção mais segura é dar-lhe um:

ePad Android Tablet

21 comentários:

  1. Obrigado pela review

    Acho a pontuação demasiado exigente, pois 80€ é o preço de uma qualquer Moldura Digital e não têm 1/10 das features.
    Ainda que se acrescente os custos alfandegarios não acho o preço demasiado pesado.

    Fica aqui a sugestão para deixares o link do local de compra, pois fiquei com o bichinho.

    ResponderEliminar
  2. @José
    Foi exactamente o que disse... por 80€ teria dado um "Morno"; mas por 130€ já o empurra para fora da escala... mesmo que esteja ainda no limite.

    Por segurança prefiro dar um "frio", sem com isso dizer que nao seja um equipamento interessante, para quem estiver consciente das capacidades e limitações do aparelho - e/ou tiver uma aplicação específica em mente, onde isto sirva perfeitamente.

    O link de compra está no post da aquisição do "fundo", e foi no dealextreme:
    http://www.dealextreme.com/details.dx/sku.42070~r.90000005

    ResponderEliminar
  3. Para todos os gostos e carteiras:
    http://www.brandsdragon.com/Notebook-UMPC-MID-st1-sid95.html

    ;-)

    ps: muitas lojas enviam como Gift, se solicitado.

    ResponderEliminar
  4. k tablets low coast estao previstos chegar a portugal em breve?

    ResponderEliminar
  5. e este?
    dealextreme.../sku.44673

    ResponderEliminar
  6. Já agora que tablet recomendam na casa dos 100€ (de preferência já com portes e taxas incluídas), para ler ebooks (pdf's e txts), fazer apontamentos/notas?
    Obrigado!

    ResponderEliminar
  7. O que me surpreendeu mais neste tablet foi o facto de ter acesso ao Market oficial, pois tinha ideia que um dos requisitos para a Google permitir a sua inclusão, seria o dispositivo ter a função de telefone (como o Galaxy Tab)!

    ResponderEliminar
  8. @JACk
    Sim, também fiquei surpreendido. Não sei se será algum tipo de "cheat", mas... o que é certo é que tinha o acesso e as Apps "vinham". :)

    ResponderEliminar
  9. Só queria deixar aqui uma informação. Não é bem uma lotaria a situação da alfândega. Todos os produtos com preço superior a €50 ou €60 (não sei ao certo) e que vêm fora da União Europeia, é quase certo passarem na alfândega.

    Relativamente à review concordo com o José Luis, achei demasiado exigente. Se calhar se tivesse uma maçã na parte de trás teria melhor pontuação.

    De qualquer das maneiras, obrigado pela review.

    ResponderEliminar
  10. @Anónimo
    Falei de "lotaria" devido à minha própria experiência e a de vários amigos próximos. Exactamente os mesmos equipamentos, vindos exactamente do mesmo fornecedor... uns passam, outros não.
    E neste caso em concreto, o preço efectivo indicado na factura parece de nada ter servido, com a Alfândega a inventar um preço superior para taxar.

    Quanto à exigência, não tem nada a ver com "frutas" na parte de trás... Especialmente quando não estamos a falar sequer de gamas comparáveis.
    Com o Galaxy Tab, aí sim... já estaremos em condições de fazer algumas comparações.

    Neste caso trata-se apenas de ver se o produto oferece a experiência que eu consideraria aceitável para o preço. E como disse, por 80€ seria morno, mas por 130€... já não.

    (Ou preferem que me torne num daqueles sites/revistas que dá sempre pontuações máximas a tudo o que la aparece? ;)

    ResponderEliminar
  11. mandei vir um por uma loja aqui em portugal vei com feito os gajos da loja agora nem atendem o telefone

    ResponderEliminar
  12. Eu pedi um aqui para o Brasil, por U$ 90.

    Acredito que para fins mais simples, como ler ebooks e acessar esporadicamente a internet, esse tablet está mais do que perfeito (além de muito barato :) ).

    ResponderEliminar
  13. mandei vir este:
    http://cgi.ebay.co.uk/ws/eBayISAPI.dll?ViewItem&item=110596973353
    achei um bom preço e vem via europa

    ResponderEliminar
  14. O meu paguei carinho também aqui no Brasil, mas foi em março, agora, tem uns com o dobro de recursos e capacidade, pelo mesmo preço. Foi o equivalente a 110€. Comprei pela internet, de um site americano, levou 20 dias pra chegar no Brasil, passou batido na receita federal, não seguraram.
    Tô vendo um agora por U$160, 900 mhz, 4gb Flash, bem melhorzinho que o meu, "8 pol, com cam melhor e na fente e atrás.
    TÔ esperando chegar.
    Gosto muito de usar essas coisinhas, leio email, acesso apps de redes sociais, navego em sites mobile, leio livros e revistas, e ainda jogo quando não tenho o que fazer.
    Ponto negativo pior, é a bateria mesmo, com Wi-fi ligado, dura só duas horas. Sem Wi-fi ligado, 4. Tinham que melhorar isso.

    ResponderEliminar
  15. Carlos,

    tu ainda está a usar o tablet? Já utilizou algum dos firmwares modificados lá do slatedroid? Peço que informe qual mais lhe apeteceu, e por quê.

    Um abraço!

    ResponderEliminar
  16. @Dingoo

    Não, há muito que o tablet já foi entregue a um leitor do blog - e já me disse que o "alterou" todo, com firmwares alterados que se comportam melhor que o original.

    Está previsto que se faça um relato dessa aventura, assim que ele tiver tempo. :)

    ResponderEliminar
  17. Anónimo7/3/11 17:21

    Onde posso arranjar um adaptador destes de 30 pinos com entrada usb??? Tenho um iguasl mas não veio c este adaptador! dava-me jeito!!!
    obrg

    ResponderEliminar
  18. Dará para instalar uma rom 2.2?

    ResponderEliminar
  19. Sugeria uma review aos novos tablets Low Cost com o processador VIA 8650, muito mais rápido... Tenho um e posso garantir que é uma excelente compra, até porque o preço manteve-se à volta dos 60€ (sem alfandega).. Até flash funciona bem... Com a Rom de origem funciona lindamente, mas com uma Rom cozinhada à medida, parece que voa...
    Sinceramente merecia uma review cuidada, até porque ultimamente tem sido alvo de compra de muitos portugueses...
    Ps. Existe até a versão com 2 point touch no ecrã...E a questão do lag desapareceu... Eu achei uma compra genial...

    ResponderEliminar
  20. Então eu comprei um tablet Wei duo dá android 2.2! Não sei se ele é muito bom mais também não vou usar para muita coisa só para diversão mesmo. Você acha q ele é bom ? Me dá uma dica por favor. Obrigado

    ResponderEliminar
  21. João David11/1/12 18:40

    eu pagaria 130€ por um epad de 10'' mas por 7'' acho muito caro.
    há à venda no leiloes a esse preço e de 10''.

    http://www.leiloes.net/Epad-10-Google-Android-21-1GHz-cpu,name,187448954,auction_id,auction_details

    ResponderEliminar

[pub]