2010/12/26

Análise à Boxee Box

Não chegou cá a casa, mas o meu caro amigo Paulo fez-me o favor de enviar uma análise rápida ao seu mais recente brinquedo: uma Boxee Box. Uma das caixas "media player" mais procuradas da actualidade; que seguidamente ficaremos a conhecer mais em pormenor.




Características Técnicas
  • Double-sided remote control
  • HDMI out (HDCP, cable included)
  • Ethernet Port
  • 802.11n Wireless
  • 2 USB 2.0 ports
  • Optical Digital Audio (S/PDIF)
  • Composite Audio Connectors
  • AC Power Connector

Design

O design da Boxee box é diferente e não passa despercebido na sala de estar. O logotipo ilumina-se contrastando com o preto brilhante do seu corpo cúbico e a sua base é toda ela em borracha, verde fluorescente, para uma maior aderência e anulação de possíveis vibrações da ventoinha de arrefecimento. O comando apresenta teclas direccionais num dos lados, onde podemos ver o logotipo em relevo, e do outro integra um teclado qwerty em borracha.


Conectividade 

As fichas situam-se todas na traseira da Boxee, excepto a ranhura para leitores de cartões que fica do lado oposto ao do logotipo. Podemos encontrar duas portas usb, conectores rca de audio, porta ethernet, saída hdmi, a entrada de energia e uma saída óptica de audio. Para quem não ficar satisfeito com o teclado no comando, poderá comprar um teclado externo usb sem fios e ligar na boxee.

A partilha de ficheiros em rede pode ser feita por os habituais protocolos de uPNP ou Samba, com configurações para proxy ou VPN.

Quanto às ligações via WiFi, experimentei o streaming de um filme em alta-definição com 12GB, de um computador também ligado por Wi-Fi N, e o buffer não demorou mais do que alguns segundos. Mesmo tendo apenas uma antena Wi-Fi interior, a Boxee não pareceu ser afectada ao aceder a conteúdos WiFi noutras divisões mais afastadas.


Qualidade de imagem:

A Boxee permite afinar a dimensão do ecrã e alternar diferentes modos de resolução: Full HD 1080p, 720p, 1080i 50Hz, 1080i, 720p 50Hz, NTSC, 576p, PAL, 480p, 1080p 24Hz, 1080p 50Hz.
É também possível ajustar o nivel de preto, assim como fazer um teste para verificar se existem pixeis queimados na nossa TV. E... a surpresa das surpresas: tem também um modo 3D!


Em Funcionamento

Se está habituado à interface do Boxee no computador vai ter uma surpresa. A nova interface 1.0 mudou radicalmente pode parece menos polida que a anterior, mas oferece mais funcionalidades (e infelizmente, sem língua Portuguesa por agora.) Felizmente, têm havido actualizações frequentes, que são feitas automaticamente via internet, ou manualmente via USB - não faltando sequer um modo de recuperação caso algo corra mal (carregando durante 8 segundos no botão do power.)

Com um browser integrado, a Boxee é extremamente versátil, e permite ver vídeos em flash de qualquer site que desejem.




A grande questão que se coloca é se os canais de distribuição alguma vez irão chegar a acordo quanto a uma forma standard de disponibilizar os seus programas: já que neste momento todo o panorama se encontra em "guerra", com empresas a bloquear os seus conteúdos nos dispositivos que "lhes apetece" - e muitos dos serviços nem sequer estão disponiveis fora dos EUA (a não ser que se usem artimanhas.)

Por último, se desejam ver o que a Boxee pode fazer por vocês, nem precisam gastar dinheiro: basta instalarem o software num dos vossos computadores e criarem a vossa própria Boxee (e até podem usar um Kinect para a controlar :)

Boxee Box


Pros
  • facilidade de utilização
  • comando por RF
  • legendas automáticas
  • Apps

Contras
  • teclado tem tendência para acumular sujidade 
  • teclas pouco visiveis em ambientes pouco iluminados
  • disponibilidade de conteúdos oficiais limitada

7 comentários:

  1. Dizer contras por dizer não me parece que seja uma boa politica, 2 contras são sobre o teclado, o que se podia resumir a um, mau teclado. Isto não é um contra: disponibilidade de conteúdos oficiais limitada! Se não sempre que se analisa um carro temos que dizer que não tem 500cv.

    De resto obrigado pela review, já que parece ser um produto bastante interessante.

    ResponderEliminar
  2. Pessoalmente o grande lacuna que vejo neste equipamento é a ausência de saídas RCA mas de vídeo :(

    O comando com aquele mini-teclado parece-me excelente, mas parece porque ainda não experimentei :)

    ResponderEliminar
  3. Ricardo Nascimento26/12/10 20:49

    A mim suscitou-me bastante interesse... E acho que seria interessante que quem esta dentro do assunto explica-se quais as vantagens de ter a Boxee Box em Portugal... Sou um leigo nestes assuntos, mas por exemplo no que toca a series seria possível vê-las directamente da net? Ou iria dar aquilo do "este conteúdo não esta disponível na sua região"? desculpem a "leiguice"...

    ResponderEliminar
  4. @Ricardo

    Vamos esperar que o Paulo te responda, pois ele é que fez a análise e poderá responder melhor que eu. :)

    ResponderEliminar
  5. @Ricardo Não é por ser a boxee que o teu ip vai mudar, a própria boxee tem uma opção nas definições para ocultar o conteúdo que não esteja disponivel, contudo, a boxee pode ligar a qualquer proxy estrangeiro para possibilitar reproduzir conteúdos de outros territórios. Normalmente os melhores proxys são pagos.

    ResponderEliminar
  6. @Nasp o teclado é duro, por vezes dou por mim a carregar no dpad com os indicadores, não é mt ergonómico sendo difícil de escrever, mas o conceito é excelente.

    ResponderEliminar
  7. @metro_ É mais cómodo ter uma caixinha silenciosa na sala que funciona sem problemas a 1080p, do que tentar montar um computador por 220 € barulhento e cheio de problemas

    ResponderEliminar

[pub]