2011/02/10

O iPad 3 e o Trunfo da Apple

A HP já anunciou o seu HP TouchPad (tablet excelente, que peca apenas pela chegada tardia ao mercado), a Blackberry diz que o seu PlayBook chega em Março com um preço de $499, e agora - mesmo antes do anúncio do iPad 2, iniciam-se rumores sobre a possibilidade de um iPad 3 chegar mais depressa do que o previsto, já neste Outono.

Considerações já a seguir...




Qual seria a novidade desse hipotético iPad 3?... Alguns apontam para a tal possibilidade do Retina Display que irá estar ausente do iPad 2; enquanto outros dizem que se poderá tratar de um mini-iPad de tamanho reduzido.

Ou então, é apenas "desinformação", para baralhar e assustar ainda mais a concorrência!

Só me interrogo sobre se tais rumores não poderão ter efeito negativo nas vendas do iPad 2. Bem sei que há sempre gente que não se importará com essas coisas - e comprará o iPad 2 na data de lançamento; mesmo que fosse garantido que na semana seguinte sairia um novo modelo. Mas... há também muita gente que se poderá sentir "enganada", se poucos meses após a sua aquisição se vir na posse de um modelo tornado obsoleto pela chegada acelerada de um iPad 3.

Motivos para que a Apple faça uma coisa destas? Só mesmo se se estiver a sentir ameaçada pelos Tablets que começam a chegar ao mercado (como disse, o TouchPad da HP com WebOS é produto realmente apetecível e com tudo o que precisa para ter sucesso - assumindo um preço concorrencial - e peca apenas por não estar "já" no mercado; se estivesse, teria muito boas possibilidades de começar a marcar já o seu território.)

O lançamento de um iPad 3 com retina display seria uma nova pedrada no charco que daria à Apple mais uns largos meses de "descanso" enquanto a concorrência se apressaria a acompanhar. Tempo que a Apple poderá precisar desesperadamente para actualizar o seu iOS que começa a parecer cada vez mais limitado e antiquado face ao Android Honeycomb, ao OS da Blackberry, e em particular: ao WebOS da HP.


Poderia ser também uma oportunidade para a Apple introduzir dois modelos de iPad. Um modelo mais acessível (o iPad "2") e um modelo "topo-de-gama" (o iPad "3").
Isso poderia ser uma táctica arrasador para a concorrência *se* a Apple cometesse uma loucura: anunciar o iPad 2 a preço mais reduzido que o actual!

É preciso não esquecer que o factor preço foi "brincadeira" no lançamento do primeiro iPad, com o anúncio de um preço proibitivo de $999, imediatamente corrigido de seguida para os $499.
Imaginem que o mesmo se repetia agora com o iPad 2... com um preço anunciado de $499 e logo de seguida corrigido para $299?

Mesmo que em comparação directa com o hardware/funcionalidade dos concorrentes o iPad saísse a perder, o factor preço continuaria a colocá-lo no topo das preferências do público; e a concorrência pouco ou nada poderia fazer para competir nessa área - já que não tem produção em volume suficiente que lhes permitam ganhar dinheiro com margens mais reduzidas.

Essa seria verdadeiramente uma grande jogada; e uma das formas de fazer com que os clientes de um iPad 2 não se incomodassem com a chegada de um iPad 3 (mais caro) poucos meses depois.

Será esta a grande táctica da Apple? Bem sei que parece completamente improvável ver uma marca como a Apple a usar o elemento "preço" como factor de vendas... mas... vamos lá ver o que sai dali. :)

24 comentários:

  1. Boas Carlos,

    A tua opinião faz muito sentido e era um bom trunfo da Apple ganhar clientes.

    Mas estamos a falar da Apple!! Apple != Preços Baratos.

    Na minha opinião a Apple não é lider de vendas de Computadores pelo preço.

    E não é preciso ser um genio a matematica para ver que pelo preço de um Macbook Pro 13'' compras um PC com melhores componentes de 15'' ou até 13'' (como quiseres) e ainda te sobra dinheiro.

    Portanto, não creio que a Apple lance um iPad 2 a preço de chuva.

    Mas a tua opinião faz todo o sentido e quem me dera que eu esteja totalmente errado e tu, certo!

    ResponderEliminar
  2. para a semana já saberemos

    ResponderEliminar
  3. A ideia é interessante mas olhando para o que é tradições da Apple... nenhum destes cenários hipotéticos irá suceder. Acredito na chegada de um novo modelo iPad mas ao mesmo preço... Apenas algo como um iPad 2... isso do iPad 3 só para 2012.

    Agora a possibilidade de o iPad, talvez na versão 3, surgir em dois tamanhos não é de se descartar... mas para isso é bem possível que um dia as actuais 9" saiam da cena e entre uma menor (7"?) e outra maior (10/11"?) e com algo semelhante a Retina Display.

    Conjecturas do futuro... e belo artigo mesmo assim!

    ResponderEliminar
  4. Este ano vai ser mesmo fixe em gadgets, em especial em tablets! =)

    ResponderEliminar
  5. Voto nessa do preço, só para comprar um.

    ResponderEliminar
  6. To Ricardo Carneiro.

    Dê lá um exemplo (sem serem linhas brancas) de máquinas superiores e mais baratas.


    Quanto ao artigo, partilho da opinião do ArmPauloFer. E para mim este "rumor" não passa de FUD.

    ResponderEliminar
  7. Também sou da opinião que a Apple não irá utilizar os preços como arma para combater os concorrentes, até porque não tem necessidade de o fazer.
    As outras marcas podem até oferecer produtos com specs superiores mas nenhuma delas tem o "sex-appeal" da marca da maçã, que o Jobs tão bem soube fomentar.
    Não é o preço, nem as especificações, nem a inovação, nem mesmo a necessidade ou utilidade de qualquer produto que faz as pessoas irem dormir para a porta das lojas, mas sim o markintg.
    Por isso, mesmo sem saber muito sobre o próximo lançamento da Apple, não tenho dúvida que será um sucesso.
    Agora quanto a eu vir a comprar algum, já tenho mais dúvidas...

    ResponderEliminar
  8. Ate faz sentido a tua linha de raciocinio. Mas nao me parece que a apple va competir pelo factor preco.

    Se a Apple tem os lucros que tem e graças as margens de lucro esmagadoras dos seus produtos pois os consumidores não se importam de pagar mais por pior hardware ( e no caso dos smartphones software) se tiver o símbolo da maca.

    E um retina display num iPad não faz sentido nenhum. Um 1080p de resolução e mais que suficiente.


    E um retina display num iPad não faz sentido nenhum

    ResponderEliminar
  9. João Sousa10/2/11 13:56

    Ricardo Carneiro: "Apple != Preços Baratos"? Parece-me óbvio pelo preço dos tablets da concorrência que isto não é o caso - pelo menos neste mercado.

    Jack: é certo que a Apple e Steve Jobs souberam criar sex-appeal nos seus produtos. Mas podes ter a certeza de que se os produtos não fossem *também* bons, não haveria marketing capaz de os vender e garantir a fidelização dos seus clientes.

    --

    Eu não me recordo de alguma vez ter lido a Apple afirmar que o preço do iPad seria 999 dólares. Por isto, acho que a ideia de que terá "corrigido" o preço antes da sua apresentação pode não passar de especulação - tal como especulavam as "fontes" que lançavam estes números. Há muita, imensa especulação e opinião neste mercado - tal como dizia o Dirty Harry, "opinions are like assholes, everybody has one".

    Por outro lado, é claro que não ponho fora de hipótese ter sido a Apple a desinformar as suas "fontes" para aumentar o impacto posterior.

    Neste mundo de soundbites (sim, digo bites em vez de bytes), também não coloco fora de questão que todas estas (des)informações sejam plantadas pela concorrência para lançarem o tal "fud" entre a clientela Apple.

    Na minha especulação, aquilo que veremos será um salto de características equivalente ao que houve do iPhone para o iPhone 3GS. Talvez um ecrã mais legível. Certamente câmara frontal. Talvez depois o iPad original seja vendido a um preço mais baixo.

    ResponderEliminar
  10. @João Sousa

    A brincadeira dos $999 foi a brincadeira durante a apresentação oficial do iPad.
    O Steve Jobs atirou o preço $999 para o ecrã... saboreou a desilusão geral por alguns segundos... e depois revelou o verdadeiro preço de $499 para "felicidade" do público...
    Foi um momento que não se esquece. :)

    ResponderEliminar
  11. @kincas

    Isso é facil... tens vários meios:

    1 - google images: mac vs pc price
    2 - ires a uma fnac e comparares preços (ja fiz isso e realmente mac é mais caro)
    3 - agora só para teres uma ideia:

    http://img841.imageshack.us/i/1296776141843.png/
    http://img28.imageshack.us/i/macpc.png/
    http://img89.imageshack.us/i/macs2.jpg/

    São apenas 3 de imensos exemplos....

    Espero ter esclarecido!

    ResponderEliminar
  12. João Sousa10/2/11 14:53

    Carlos: como eu não vi a apresentação completa, desconhecia esse detalhe. Mas com o pouco tempo que tive para escrever, também não me expliquei bem: eu estava principalmente a pensar nos rumores pré-apresentação que indicavam exactamente essa gama de preços (999, 899).

    --

    Ricardo: é curioso que uma daquelas imagens se refira precisamente a máquinas brancas. E a sério, comparar o Acer com um Apple? Céus, logo a Acer que, para mim, é "marca non grata". A quantidade de Acers que tenho visto irem para reparação na garantia ou avariados pouco tempo depois disso...

    De qualquer modo, e sem negar que os produtos da Apple têm margens mais generosas do que as outras marcas (não costumo negar evidências), eu não faria uma comparação directa desta forma. Os Mac Pro, por exemplo, devem ser comparados às workstations profissionais da HP e Dell. A não ser que queiramos usar o tipo de argumentação que a Microsoft usou há uns anos: para provar a existência do tal "imposto Apple", comparou desktops de entrada PC com... um Mac Pro.

    ResponderEliminar
  13. @ João Sousa
    Não disse que os produtos Apple não são bons, nem coloco em causa a sua qualidade, simplesmente não considero que essa seja uma característica diferenciadora (ou trunfo) em relação a todas as outras marcas.

    ResponderEliminar
  14. No sentido da resposta acertada do João Sousa, todos a esta altura já deveriam ter apreendido que não são só as características técnicas e o preço que mais contam no momento da decisão nos dias de hoje e que já não se devem julgar estes aparelhos pelo que um tem mais que outro. É a capacidade de fazer neles as coisas com gosto e facilidade, a acessibilidade e conveniência e outros factores não quantificáveis que fazem deles o sucesso generalizado (e com o forte marketing sempre a manter o hype).

    A cena do preço, surgiu sim na apresentação de Steve Jobs do iPad. Mas continuo a achar que o target de valor que a Apple encontrou está bem definido já e a Apple não quererá perder a esta altura dividendos das suas "galinhas de ouro" (que são os equipamentos com iOS). Se baixar será também na ordem habitual dos 100 dolares... mas mesmo assim não acredito (mas era muito desejável sim).

    Eu penso que no momento, o iPad 2 terá de manter muito do que já estabeleceu. O formato do ecrã não imagino mexerem nele... mas acrescentar outras features, como as duas cameras (para o iPad poder ter também o FaceTime) e as duas ligações internas num mesmo modelo (para dar para a AT&T e a Verizon)... é perfeitamente muito provável.

    ResponderEliminar
  15. @João Sousa

    Um facto, e isso ninguém pode negar, é que a Apple tem preços muito caros!

    Por outro lado é verdade que os produtos Apple têm bastante qualidade e isso ninguém pode negar. Eu próprio sou um Apple Fan.

    Isto tudo para comentar aqui o post do Carlos Martins, que refere o lançamento de um iPad 2 a preços bastante acessíveis.

    Isso também iria tirar um pouco do requinte que a Apple tem em relação aos seus produtos: Nem toda a gente os tem!.

    ResponderEliminar
  16. Será? nem toda a gente os tem aqui, neste país em que não ganhamos para mandar cantar um cego.

    Agora nos EUA aquilo já é tipo praga

    ResponderEliminar
  17. To Ricardo Carneiro.

    Qual foi a parte de não comparar com Linhas brancas que não percebeu?
    Se quer comparar seja honesto e correcto.

    ResponderEliminar
  18. Ja viram que deverá aparecer um iPhone de gama baixa? Vem dar alguma legitimidade a esta ideia do Carlos de que a Apple poderá finalmente estar a considerar "gamas baixas" (ou gamas "mais baixas") =P

    ResponderEliminar
  19. To Salgado

    Espere sentado. Esta "noticia" é a "continuação" desta de um iPad3 logo depois de o 2.
    Manobras de "diversão" para desviar atenções e criar FUD.

    ResponderEliminar
  20. Bem, espero que se os gajos forem lancar uma coisa assim, que o anunciem logo quando anunciarem o iPad 3 (da forma como tu dizes "um modelo mais caro e superior que ira ser lancado em Outubro").

    Estou muito satisfeito com o meu ipad e altamente motivado para comprar o 2...

    A unica duvida que tenho e "sera que vale a pena" porque nao quero estar a comprar 1 por ano...mas, por outro lado, se vai sair ja em Outubro, espero por esse :o).

    O ipad 1 tem muito pouca memoria e ja comeca a ficar lento para as cenas que faco com ele...estou ansioso para ver as specs do novo!

    Hugz,
    Luis

    ResponderEliminar
  21. @kincas
    Desafio-o a encontrar um portátil de marca Apple com as seguintes características e com um preço próximo de 1000€ (o quanto custou o meu ASUS com as seguintes características):
    CPU: Intel Core i7-740QM (1.73GHz, 2.93 GHz em turbo)
    VGA: ATI Mobility Radeon HD 5730 (VRAM: 1GB)
    Display: 16" HD - LED
    HDD: 500Gb
    Memoria: 6Gb


    o mais parecido que encontrei na Apple Store (e ainda assim com ram, display e gráfica inferiores, e ainda um cpu com apenas metade dos núcleos) custa cerca de 2.200€...

    apple tem qualidade sim, mas eu, enquanto não ganhar o euromilhões, não dou mais 1.200€ só para ter uma maçã no meu pc

    ResponderEliminar
  22. Antonio Luis Coelho25/2/11 18:33

    Viva

    LoL, há muito que não se via uma boa conversa, por aqui..., o que a Apple faz...
    SJ és um grande DreamMaker...

    ResponderEliminar
  23. Duvido que tal aconteça.
    Se falarmos num iPod Touch maior aí já concordo. Não digo que o iPad 2 vá sair com características bombásticas mas já tem a melhor característica de todas: as apps...
    Quanto ao hardware vão seguir passos lógicos: câmera frontal e traseira (que deve ter sido melhorada à última hora depois da feira de Barcelona, daí alguns atrasos reportados); mais leve; mais fino; e com uma bateria melhorada para suportar o melhor hardware. Isto sem esquecer a actualização lógica da memória, processador e processador gráfico.

    O one more thing deve ser um preview do iOS 5. O evento destinado a este assunto costuma ocorrer em Abril mas eu não vejo a Apple a fazer dois eventos em tão pouco tempo e eles têm que começar a captar a atenção dos developers para um determinado conjunto de funcionalidades.
    E este é o ponto principal do iPad e do iPhone. O iOS e o modelo de negócio da App Store são elementos com um crescimento sustentado apesar de todas as críticas.

    A minha previsão de segurança, para o caso de estar a sonhar alto: MobileMe de borla como o "one more thing" e com funcionalidades extra. Isto parece-me seguro considerando que já não é possível comprar subscrições do MobileMe acualmente.

    ResponderEliminar
  24. Todos sabemos que o preço nem sempre ajuda, mas vende e para esse facto podemos arranjar várias justificações como a qualidade do design e a fiabilidade, entre outras..

    Acho mais provável o próximo iPad apresentar um tamanho mais reduzido e seguir a linha de criar um iPhone mais pequeno e "menos capaz". Este facto torna-se importante quando o marketing ajuda, porque mesmo com specs mais fracas muita gente vai preferir adquirir um smartphone da Apple do que um de outra marca que até podia ficaria mais barato e seria melhor.

    Por vezes fico sem perceber o que leva tanta gente a comprar todos os produtos da Apple, se nem sempre são as melhores opções. São bonitos esteticamente sim, só que para mim isso não chega e o iOS não tem nada de especial a não ser as apps, porque de resto até gosto mais do MeeGo e ainda nem a versão final saiu.

    ResponderEliminar

[pub]