2011/12/14

Google Reader com Modo Compacto


As alterações feitas ao Google Reader não têm sido pacíficas, depois de um início verdadeiramente desastrado (e indiferente às críticas dos utilizadores),  o Google lá foi reconhecendo que afinal as correcções exigidas tinham razão de ser, e lá foi alterando algumas coisas.

Agora é a vez de também a tão criticada densidade ser alvo de ajustes - o que faria perspectiva algo de bom, já que a tendência do Google actualmente é a de desperdiçar espaço a torto e a direito, fazendo com que cada vez se consiga ler menos coisas em ecrãs cada vez maiores. Tal como aconteceu no Gmail, também o Google Reader conta agora com um ajuste de densidade "confortável/aconchegado/compacto".

Seria bom, caso esse ajuste realmente fizesse alguma coisa!

É que, para começar o modo "confortável" apenas se faz sentir em janelas maximizadas e em ecrãs de grande resolução, caso contrário, as diferenças para o "cozy/aconchegado" são nulas.

E o mais ridículo ainda, é o facto do modo compacto, afinal não ter efeitos práticos nenhuns... a não ser prejudicar a legibilidade do site!

Como se pode ver na imagem ali em cima, que salienta as diferenças visíveis, a nível vertical, ganha-se apenas uma meia dúzia de pixeis que não tem relevância prática - e a principal diferença faz-se notar a nível horizontal, com a redução das margens, que faz com que os artigos passem a estar encostados à linha de separação e que... estraga tudo. Ou seja, não é utilizável...

Custava assim tanto apertar as coisas verticalmente, que é onde o espaço necessário é crítico, sem mexer na horizontal? Ou será que a equipa de usabilidade do Google anda tão a leste que já só usa os seus tablets no modo vertical? ;P

6 comentários:

  1. Neste caso até não concordo contigo. Acho que o modo compacto passou a estar perfeitamente adequado à minha utilização e acredito que existam mais pessoas satisfeitas com esta alteração.

    ResponderEliminar
  2. @Anónimo

    No Gmail, certamente - sou fã do modo compacto (e sempre o "exigi") desde o início. Mas quanto ao Reader, parece-me ridículo que a poupança seja tão reduzida, e feita nos piores sítios.

    Mas, concordo que seja melhor que nada, e que para muitas pessoas possa ser exactamente o que pretendiam. Para mim é que "não chega"... :(

    ResponderEliminar
  3. Sempre podes tentar esta extensão do Chrome: https://chrome.google.com/webstore/detail/makmndpcndgheboeifhhgehleeabhoab

    ResponderEliminar
  4. @Paulo

    Quando ali falei das "correções exigidas", estava a linkar para essa mesma extensão. :)

    ResponderEliminar
  5. Hei pá, tens razão. Isto de links não descritivos, nem o abri!

    ResponderEliminar
  6. O que me surpreende mais é que mesmo no Gmail as mudanças que fizeram não funcionam bem com o Firefox.

    Com o novo visual torna-se pura e simplesmente inutilizável nesse browser.

    ResponderEliminar

[pub]