2012/01/05

Publicidades Enganosas a "Preço de Custo"


Muitas pessoas poderão sentir-se tentadas a "ir na cantiga" de promoções mediáticas, como a que o MediaMarkt tem feito recentemente na sua campanha a "preço de custo". Eu não sei qual é o papel das agências reguladoras do sector, mas o que é certo é que, como foi relatado na nossa mailing list por testemunho pessoal, é um pouco estranho uma empresa estar a dizer que está a vender as coisas a preço de custo, quando:

"Há cerca de 3 semanas comprei lá uma balança de casa de banho da marca Tristar por € 7,99.
Na semana seguinte a mesma balança custava € 16,50 e a semana passada, o "preço de custo" eram € 9,52 !
Chego à conclusão que comprei a minha balança abaixo do preço de custo."

Para uma empresa que tem como frase recorrente o "Eu é que não sou parvo"... parece-me que está a achar que os portugueses são mesmo parvos.

10 comentários:

  1. Anónimo5/1/12 11:02

    Eu é que não não sou parvo por nao comprar na Mediamarket (e em Portugal em geral...)

    ResponderEliminar
  2. Realmente é o cúmulo... compraste em boa hora LOL Esse tipo de estratégia é similar à do "sem IVA": eles aumentam o preço dos produtos antes para cobrir o IVA (ou a maior parte) e depois "descontam o IVA". Exemplo: o preço é 100€ (com 23% IVA), eles aumentam para 115€ (com IVA 23%) e descontam os 23% = 88.55€ quando o valor real (100-23% IVA) seriam 77€.

    Outro exemplo são as lojas de roupa: já fui a lojas de roupa em que dizem sempre que não podem baixar preços porque não têm margem de lucro, mas depois vê-se "saldos 70%" (onde ainda têm lucro) e perguntamo-nos: então se com o preço normal têm "pouca margem de lucro" como conseguem fazer até 70% em saldos? Uma prima trabalha numa loja de marca e diz que muitas vezes a peça fica para a loja a 7€ e é vendida a 50-60€ :)

    ResponderEliminar
  3. Anónimo:
    queres ver que no país que estás (estou eu a presumir por dizeres que não compras em PT em geral) é diferente? :) Não te iludas só porque estás fora e parecem mais "correctos" ;)

    Carlos:
    já há resultados do Sapinho?

    ResponderEliminar
  4. Esse era um produto que estava marcado como estando a preço de custo?

    Eles não dizem que são todos os produtos... apenas os que estão marcados.

    ResponderEliminar
  5. rmcrys:
    O período de saldos (não de promoções) é utilizado para escoar stocks da colecção que termina.
    Os saldos ATÉ 70%, que normalmente só são atribuídos a artigos que dificilmente se ecoarão, ajudam a reduzir o prejuízo daqueles artigos da colecção.

    Pedro:
    exactamente!

    ResponderEliminar
  6. Anónimo5/1/12 12:29

    Diferentes remessas de material , podem ter diferentes preços de custo. O "Portoguezinho" anda sempre a pensar que está a ser enganado, e depois acaba mesmo por sê-lo !

    ResponderEliminar
  7. @Anónimo
    Quando tens "preços de custo" que são mais caros que os preços normais em certas lojas... penso que não se possa dar a desculpa das remessas diferentes.

    ResponderEliminar
  8. @Pedro,

    Neste caso da balança, os €9,52 estavam assinalados como sendo o "preço de custo"!

    ResponderEliminar
  9. Anónimo5/1/12 15:30

    isso e tipo a do iva, na altura andava de vista em cima num disco que custava 119.90€, recebi o mail de tudo sem iva, foi la com o cheiro e o disco custava 159.90€... os Bois colocaram o disco ainda mais caro, pois sem os 23% de iva dava para ai 123€
    Como dizia a radio popular, PARVO É CHAMAR PARVO AOS PORTUGUESES...
    Ainda andei a procura dum cromo para chamar a atenção mas aquilo estava cheio que ninguém estava livre...

    ResponderEliminar
  10. @Carlos:
    já me aconteceu e a minha experiência não é muita. Naturalmente o caso do post não será este, mas como apontaram a "loja de roupa" como exemplo deste tipo de situações....

    ResponderEliminar

[pub]