2012/06/26

Primeiro Contacto com a Nintendo Wii U

Embora o blog dedicado aos jogos esteja ali ao lado, acho que a nova Nintendo Wii U é uma consola que causa enorme curiosidade em todas as pessoas, e por isso mesmo aqui fica o relato do primeiro contacto com a Wii U em Portugal, que nos foi proporcionado pela Nintendo - a quem muito agradecemos o convite e simpatia. O nosso enviado especial foi, uma vez mais, o meu caro amigo Luis Correia, a quem passo o teclado.



A Nintendo convidou-nos para esta apresentação, num formato completamente informal, em que pudemos ver, testar e admirar a nova consola Wii U. Esta nova consola tem como grande atractivo um comando inovador, que consiste num grande ecrã LCD com touchscreen (e que mantém todas as capacidades de detecção do movimento que anteriormente eram feitas pelos Wiimotes).

Muito tem sido debatido e especulado sobre a utilidade do comando com ecrã, mas a verdade é que as possibilidades que este novo comando proporciona à experiência de jogo são simplesmente fenomenais. abrindo todo um novo horizonte ao que será possível fazer com jogos.

Actualização: já temos reportagem em vídeo!



Ainda pouco se sabe sobre a data oficial de lançamento, ou mesmo o preço da consola. A única garantia que nos foi dada, foi que o lançamento seria seguramente antes do Natal e com um leque de jogos inicial suficiente para satisfazer uma grande variedade de jogadores, sendo seguida por outros jogos dos restantes developers.

Vamos então levantar um pouco o véu sobre o que nos foi apresentado.



Aqui podemos ver a consola em cima dos 'tijolos', a consola agora é posicionada na horizontal, ao contrário da Wii original. Evitam-se assim as quedas acidentais provocadas por utilizadores mais violentos :)

À esquerda vemos o novo pad, onde estavamos a decidir qual dos controladores iriamos usar no novo "Super Mario Bros. U". (A nova Wii continua a dar uso aos Wiimotes tradicionais, para os jogos multiplayer.)

Neste jogo, dependendo do tipo de controlador, o jogo ganha contornos completamente diferentes: os jogadores podem ajudar-se ou lutar um contra o outro - ajudar o Mario a chegar mais alto; ou a impedir o Mario de fazer seja o que for de jeito.


No caso do "Rayman Legends" - um jogo completamente "louco" diga-se - os jogadores trabalham em conjunto a um ritmo completamente frenético. Este jogo exige um controlador mais convencional para consolas, e o pad para as funções adicionais. O ecran que é mostrado no pad é igual ao da TV e não há praticamente lag nenhum entre o que é exibido em ambos os ecrãs.





A mecânica do jogo consiste em que o jogador que tem o pad vai libertando coisas à frente, ou a activar zonas que permitem o Rayman a saltar mais alto.



A Nintendo tem também um conjunto de jogos familiares, "Nintendo Land" onde há um conjunto de 12 jogos, ou actividades, onde todos podem jogar em conjunto.

Além da lista de jogos disponíveis para teste, havia também uma tech-demo, "Panorama View", que nos permite visualizar diversos vídeos em 360 graus. Um dos vídeos permite inclusivamente mudar de dia para noite, mantendo a posição e ângulo de visualização.



Em jeito de remate final, penso que com aquilo que eu vi hoje, há um enorme potencial técnico para criar jogos realmente inovadores. O Rayman Legends tem um modo em que podem estar quatro jogadores com os comandos convencionais, mais um com o pad, dando um total de cinco jogadores em simultâneo. Se o jogo já é uma loucura completa com dois, imagino com cinco.

Estavamos à espera de conseguir obter mais informações, mas não nos foi dito nada mais do que foi revelado públicamente na E3.

Ficamos a aguardar por esses elementos críticos: a data de lançamento e o seu preço; mas parece-me inevitável que a Wii U se torne na consola mais desejada para a época de Natal de 2012.


(ed. Pessoalmente, um dos título que me causou maior curiosidade é um jogo nada recomendável para os mais novos - e que demonstrará que a Nintendo não se esqueceu que o seu público "infantil" tem crescido ao longo das últimas décadas: o Zombie U. :)

1 comentário:

  1. A nintendo sempre soube o que faz... só não o consegue é massificar desde o gameboy...
    mas o que é realmente inovador sai das mãos deles

    ResponderEliminar

[pub]