2012/10/23

Novos iMac da Apple


Para além do novo MB Pro Retina de 13" e do iPad Mini, hoje ficamos também a conhecer os novos iMac da Apple.

Modelos que, tal como o novo iPod Touch, iPad Mini, e iPhone 5... levam bem a sério a anorexia tecnológica, com uma espessura nas bordas de apenas 5mm. (Haverá assim tanta gente que se sinta atraído por uma espessura tão reduzida em algo que... só servirá para impressionar as visitas? Faria assim tanta diferença se tivesse 1cm ou 2 ou 3?)

Disponível em modelos de 21.5" (1920x1080) e 27" (2560x1440 - que em tempos seria uma excelente resolução, mas agora é inferior à que temos num MB Pro Retina), estes iMac contam com CPUs i5 quad-core ou i7, GPUs da Nvidia, até 3TB de disco, SSD de até 768GB, e um novo disco híbrido "Fusion Drive" que junta um disco convencional com um disco SSD para um resultado "2-em-1".

A nível de entradas/saídas, temos 2 portas Thunderbolt, 4 portas USB 3.0, gigabit Ethernet, e slot para cartões SDXC. A câmara é uma Facetime HD (grava vídeo a 720p), e temos dois microfones para fazer o cancelamento de ruído e permitir conversações e/ou reconhecimento de voz mesmo em ambientes mais barulhentos.

Os preços começam nos $1299 para um iMac de 21.5" com um i5 a 2.7Ghz, 8GB de RAM e disco de 1TB; enquanto que o modelo de 27" começa nos $1799. Estes iMacs ficarão disponíveis em Novembro e Dezembro (21.5 e 27" respectivamente).

4 comentários:

  1. Queria comprar um iMac e estava à espera deste novo modelo para ver o que saía. Para além do esperado uso dos processadores ivy bridge (a razão da minha espera) o resto falhou.

    Acho que é demasiado fino. Não me parece assim tão estético ter uma lâmina gigante na sala ou no escritório.

    E depois a maior falha de todos o uso de discos com 5400rpm. Isto é para obrigar as pessoas a optar por modelos superiores com o fusion drive?

    Não faz qualquer sentido fazer downgrade dos discos com uma nova versão de iMac. O modelo base da geração anterior tinha 7200rpm.

    Com isto decidi não comprar. Pelo menos a nova geração. Vou voltar a avaliar a anterior. Pode ser que haja uma baixa de preços.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. @João

      Atenção que os 5mm são apenas nas margens do ecrã. A parte traseira é bem mais volumosa (senão não conseguiam lá enfiar o material todo :)

      Quanto aos discos, penso que o principal problema seja mesmo o do aquecimento. Com as portas thunderbolt, o mais aconselhado para trabalho será provavelmente optar pelo SSD (ou fusiondrive), e pendurar discos externos no thunderbolt.

      Eliminar
    2. Sim eu sei que é só na margem. De qualquer maneira a minha avaliação do design é depois de o ver mesmo fisicamente numa loja.

      Quanto ao disco, andei a ver outras soluções all-in-one e reparei que os novos modelos da Sony já com windows 8 seguem exactamente a mesma política. 7200rpm na geração anterior e 5400rpm.

      Não sendo actualizável a versão base. Na 2ª versão pode-se escolher um ssd de 256gb por mais 400$.

      http://store.sony.com/webapp/wcs/stores/servlet/CategoryDisplay?catalogId=10551&storeId=10151&langId=-1&categoryId=8198552921644872003

      Sinceramente não entendo o downgrade mas pronto devem lá ter alguém para tomar estas decisões.

      Eliminar
  2. Concordo plenamente com o João...não se percebe a opção por usar um disco mais "lento" que o anterior quando muito se discute actualmente a influencia que a rapidez de acessos a disco tem no desempenho global dum sistema.

    ResponderEliminar

[pub]