2015/12/16

Vchok M9 sobrevive 3 dias no meio de cimento


Os fabricantes chineses têm puxado cada vez mais pela imaginação para demonstrar a resistência dos seus produtos, e no caso do Vchok M9 a prova foi enfia-lo num balde com cimento e ver que tal ele estava passados três dias.

Já temos visto smartphones resistir a facas e martelos, e até mesmo a serem postos em água a ferver. Mas desta vez o teste foi submergi-lo em cimento e retirá-lo de um sólido bloco endurecido, três dias mais tarde.


Importará referir que este Vchok M9 é um smartphone que foi concebido para resistir a todo o tipo de abusos, sendo o tipo de smartphone que agradará a alguém que o queira usar em ambientes que assustariam qualquer smartphone "normal".

Com o foco dado à sua blindagem e durabilidade, o resto das características deixa de ter tanta importância, mas ainda assim vindo equipado com um ecrã de 4.5" (960x540), CPU MTK6735 quad-core a 1.0GHz, 2GB de RAM, 16GB, câmaras de 13MP e 2MP, Android 5.1, bateria de 4700mAh, e que também inclui funcionalidade de walkie-talkie com botão "push-to-talk".




3 comentários:

  1. Ahahah..., gostei foi de ver a "qualidade" do machado...

    ResponderEliminar
  2. O cimento também é Chinês...foi por isso que ele resistiu... =)

    ResponderEliminar
  3. assim a primeira vista não vejo pk não havia de resistir, penso que qualquer tlm a prova de agua e impacto(para partir o cimento) iria resistir a este teste.

    ResponderEliminar

[pub]