2018/01/21

Audi testa carros eléctricos como parte de rede eléctrica inteligente


O escândalo dieselgate tem feito as marcas do grupo germânico acelerarem o investimento nas soluções eléctricas e a Audi também já está a testar a utilização de veículos eléctricos como pontos de apoio para uma rede eléctrica mais dinâmica.

Muito se tem falado do peso que os carros eléctricos irão ter na rede eléctrica, mas a verdade é os veículos eléctricos tanto podem actuar como equipamentos a carregar como também - e simultaneamente - como baterias extras que podem fornecer energia se necessário. É isso que alguns fabricantes têm promovido e que também a Audi está a testar num programa piloto.

A ideia é que, em vez dos países terem que investir na construção de mega centrais de baterias, como a que a Tesla construiu na Austrália para estabilizar a sua rede eléctrica, isso possa vir a ser feito de forma automática com os veículos eléctricos dos próprios cidadãos, que estarão ligados à rede e poderão ter a inteligência necessária para se recarregarem nos períodos em que houver energia em excesso e for mais barata... mas podendo devolver energia à rede nos momentos em que isso for necessário (potencialmente, ganhando dinheiro ao vender essa energia a preço mais elevado).

... Embora me pareça que o futuro deva evoluir mais no sentido dos automóveis autónomos partilhados; não deixa de ser interessante a perspectiva de que um carro "parado" possa estar a ganhar dinheiro comprando e vendendo energia...

2 comentários:

  1. Não consigo ver futuro nisto em particular vindo de uma marca de automóveis que apenas tem uma versão de um modelo elétrico (A3) e que não é grande coisa e as versões de híbridos que tem são de pouca duração, fazem apenas cerca de 50km em modo elétrico, ou seja, é só para estacionar e arrancar.

    ResponderEliminar

[pub]