2018/03/01

Astranis também aposta na internet via satélite a "baixo custo"


Com a SpaceX a já ter dado o primeiro passo para criar a sua rede de internet via satélite com milhares de satélites em órbita, há outras empresas que se apressam a avançar com as suas próprias alternativas, como é o caso da Astranis.

Se a rede proposta pela SpaceX aposta em milhares de satélites que estão continuamente a cruzar os céus - obrigando a uma complexa gestão das suas rotas e reencaminhamento das comunicações - a aposta da Astranis é bem mais tradicional, apostando em satélites em órbita geo-estacionária. A diferença é que em vez de satélites de comunicações que custam centenas de milhões de euros, a sua tecnologia permite criar satélites muito mais compactos e económicos, que se traduzirão directamente numa redução de custos que poderá ser passada aos clientes destes serviços.


Embora não esteja explícito, penso que a ideia deste sistema não seja permitir uma comunicação directa com os utilizadores finais directamente, mas servir como ponte de comunicação para estações terrestres em locais remotos, de onde se espalhará uma rede terrestre convencional (3G, 4G, 5G, WiFi, etc.) sem necessidade de investimentos adicionais em infraestruturas.

Seja como for, será uma solução que não poderá competir directamente com as eventuais redes em órbitas mais baixas, nem que seja pela questão inevitável do lag. As comunicações com um satélite em órbita geo-estacionária adicionam um atraso de cerca de 250-300ms só na viagem de ida e volta, o que complica a sua utilização para muitos casos de utilização normais (como por exemplo navegar na web, onde uma sequência de 100 ou 200 pedidos feitos por uma página web poderão representar um atraso adicional de várias dezenas de segundos - embora isso possa ser contornado usando browsers como o Opera Mini - ou outros - que sejam capazes de "juntar" toda a informação no servidor, e depois enviar tudo de uma vez.)

Mas, venham de lá estas (e outras) alternativas... para que o acesso à internet não fique dependente de se estar num grande centro urbano.

1 comentário:

[pub]