2018/04/09

Kingston lança SSD NVMe M.2 A1000


Qualquer entusiasta dos computadores que se preze já se terá fartado dos limites do interface SATA e migrado para os SSDs PCIe, e agora tem mais uns modelos a considerar, da série Kingston A1000.

Noutros tempos, as velocidades de 500MB/s permitidas pelo SATA 3 poderiam parecer alucinantes, mas hoje em dia servem apenas para nos lembrar que são um travão ao desempenho dos SSDs. Por isso, muitos já abandonaram o SATA e passaram para discos PCIe (quer seja em placa directa ou em formato M.2) e a Kingston também reforça a sua presença nestes útimos, com os novos SSD A1000.

Os Kingston A1000 estão disponíveis com capacidades de 240GB, 480GB e 960GB (curiosamente, não têm versão de 120GB) e oferecem velocidades de até 1.5GB/s nas leituras e 1.0GB/s nas escritas, com 120K/100K IOPS nas leituras e escritas. Na longevidade, o modelo de base vem com garantia para 150TB de escritas (600TB para a versão de 960GB).

O único problema é que actualmente estes Kingston A1000 surgem com um preço de 118 euros... o que não os torna particularmente atractivos, quando logo ali ao lado se têm os Samsung 960 EVO a 120 euros (com velocidades muitos superiores em todos os casos).

1 comentário:

  1. O único problema é que actualmente estes Kingston A1000 surgem com um preço de 118 euros... o que não os torna particularmente atractivos, quando logo ali ao lado se têm os Samsung 960 EVO a 120 euros (com velocidades muitos superiores em todos os casos).

    Isso foi pq aumentaram os preços. Há 3 dias estava a 90 e tal euros!!!

    ResponderEliminar

[pub]