2018/07/23

Apple pode não conseguir recuperar dados dos novos MacBook Pro


A Apple prepara-se para enfrentar mais uma polémica associada aos seus mais recentes MacBook Pro, que apesar de virem equipados com teclados menos propensos a encravamentos, poderão dificultar a recuperação de dados do seu SSD em caso de avaria.

Nos últimos anos a Apple tem aproximado a construção dos MacBooks daquela que é feita nos dispositivos móveis, e isso passa por ter SSDs soldados directamente à motherboard, o que impossibilita a sua substituição. Isso também significa que em caso de avaria da motherboard, não é possível "tirar o SSD" para o ligar a outro computador. A Apple resolveu isso criando uma ferramenta especial de transferência de dados (isto para os MacBook Pro com Touch Bar), que permitia recuperar os dados de um SSD de um MacBook Pro avariado.

O problema é que isso era feito através de uma ficha especial na motherboard, que não existe na mais recente geração de MacBook Pro com Touch Bar.




Se o MacBook ainda estiver em estado funcional é possível fazer a recuperação de dados através das portas Thunderbolt 3, mas se não for o caso, parece não haver solução - por enquanto - para transferir os conteúdos do SSD para outro computador.


Embora nunca seja agradável perder dados, penso que neste caso estamos perante a evolução natural que a Apple escolheu fazer para os seus produtos. Por um lado temos os SSDs soldados à board, e com encriptação feita através de um chip dedicado; coisas que visam dificultar a vida a quem esperasse "roubar os dados"; por outro lado temos os efeitos secundários a isso associados, de também dificultar a vida a quem pudesse querer recuperar os dados legitimamente em caso de avaria.

Como sempre, o ponto crítico é o de se manter uma política de backups que permita minimizar estes riscos; sabendo-se que os SSDs são componentes que, como qualquer outro, podem falhar sem dar qualquer aviso. Neste caso, o problema é apenas aumentado pelo facto de uma avaria na motherboard impossibilitar o acesso ao SSD; mas poderia dar-se o caso de ser apenas o SSD a avariar, e nesse caso também não adiantaria nada ter uma forma alternativa de acesso aos dados.

Nos iPhones e iPads os utilizadores depositam a sua confiança nos backups feitos na iCloud (ou iTunes para quem ainda o utilizar), para que uma avaria não signifique que tudo o que lá têm desapareça sem hipótese de recuperação. Quanto muito, seria tempo da Apple disponibilizar uma solução de backup na cloud idêntica para os Macs, para quem não quiser tratar disso por sua própria conta com o Time Machine ou um Airport Time Capsule.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]