2018/11/19

YouTube lança filmes de cinema gratuitos - com publicidade


Depois de se ter aventurado nos filmes pagos, o YouTube tenta cativar ainda mais espectadores com clássicos de Hollywood gratuitos, com apresentação de publicidade.

Há algum tempo que o YouTube nos permite comprar filmes na sua secção "movies", onde podemos encontrar filmes relativamente recentes e com preços que se podem considerar razoáveis (por exemplo, o Avengers Infinity War pode ser alugado por €4.99 em HD - embora nesta altura o YouTube já devesse considerar disponibilizar os filmes em 4K HDR). No entanto, o YouTube está bem consciente que por muito bom preço que um filme tenha, nada bate um filme que possa ser visto gratuitamente, e é isso mesmo que está a fazer.


Nos EUA o YouTube está a disponibilizar uma centena de filmes gratuitamente - que incluem clássicos como Rocky e The Terminator - que apostam no método habitual do YouTube para obter rendimento: a apresentação de publicidade (a secção dedicada aos filmes gratuitos ainda não apresenta nada em Portugal).

O YouTube diz que faz todo o sentido, e acho que todos poderemos concordar com isso. Com muitos destes filmes a estarem disponíveis para visualização por poucos euros, é algo que muito bem poderá ser "pago" com a visualização de publicidade; algo que poderá considerar-se equivalente (mas até menos intrusiva) que os 15 minutos de publicidade que os cinemas nos injectam hoje em dia, mesmo pagando-se bilhetes a preços exorbitantes.

A intenção do YouTube é expandir o número de filmes gratuitos, e esperemos que isso também passe por expandir os países onde estão disponíveis... senão, apenas dão ainda mais motivos para que as pessoas comecem a utilizar VPNs para acederem ao YouTube como se estivessem nos EUA.


P.S. Eu até iria ao ponto de sugerir que a versão dos filmes com publicidade deveria ser apresentada como alternativa mesmo nos filmes pagos, do estilo: "Infinity Wars: alugue por €4; compre por €12; veja gratuitamente por: 5 minutos de publicidade" - em que a duração do tempo de publicidade seria em função do preço a pagar.

3 comentários:

  1. Mais uma vez crítico a Google, tantas apps a ocupar espaço e a afastar utilizadores quando bem que podia esquecer as apps play filmes, play quiosque, play livros, variantes do YouTube enfim, porque não usar o YouTube para todo o conteúdo com vídeo, só uma app para conteúdo de música/som.

    ResponderEliminar
  2. ta mas depois de tanta blábláblá cade o link dos filmes grátis ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se leres o blábláblá verás que está lá o link, com a referência " (a secção dedicada aos filmes gratuitos ainda não apresenta nada em Portugal)".

      Eliminar

[pub]