2019/05/29

Background app refresh deixa apps nos iPhones espiarem utilizadores


A Apple tem-se assumido como defensora da privacidade dos seus utilizadores, mas quem tiver um iPhone poderá estar a ser espiado por dezenas de apps sem ter consciência disso, por permitir que essas apps possam realizar processos em background a intervalos de tempo regulares.

Quando se põe um iPhone a carregar à noite, esperar-se-ia que ele ficasse "quieto", com excepção de algumas tarefas do sistema, como actualizar apps. Infelizmente, existem muitas apps que aproveitam essa altura para enviar dados sobre os utilizadores para as suas centrais.

O iOS sempre foi bastante cauteloso quanto ao funcionamento de apps em segundo plano (alguns ainda se lembrarão de quando isso nem sequer era possível). Quando a Apple finalmente enfrentou essa lacuna, em vez de permitir que cada app fizesse o que quisesse - que poderia descambar em apps mal programadas que derretessem a bateria rapidamente, como acontecia no Android - criou uma série de cenários limitados para diversas operações: como o streaming de música, ou o acabar de fazer um download, ou fazer navegação GPS (se bem que também são conhecidas apps que "falsificam" essas funcionalidades, para terem acesso ao funcionamento em segundo plano).

Outra das funcionalidades no iOS é o "Background App Refresh", que permite que, por exemplo, uma app de podcasts possa fazer o download automático de novos episódios durante a noite, ou uma app de notícias, para que quando o utilizador pegar no seu iPhone de manhã, tenha os conteúdos actualizados. Infelizmente, isso permite que algumas apps tirem partido disso para enviarem informação sobre os utilizadores para a internet - incluindo coisas como a localização, número de telefone, etc, - e por vezes de forma excessiva: o Yelp recolhe a localização dos utilizadores a cada 5 minutos. Algo que pode ser verificado utilizando-se uma app que permita identificar (e bloquear) as comunicações que estão a ser feitas.


Felizmente, há uma solução bastante simples: basta irem às definições do iOS, procurar por background app refresh, e desactivar essa capacidade para todas as apps onde isso não se justifique! Porque motivo há-de um jogo, ou uma app de fotos, ou mil e uma outras apps, precisarem de fazer processamento em background? É uma permissão que, à semelhança de muitas outras no iOS, como o acesso à câmara ou contactos, deveria estar desactivada de origem e apenas ser dada com o consentimento expresso do utilizador.

... Enquanto isso não acontece, há que ter o cuidado de desactivar a opção manualmente após a instalação de cada nova app. Ou, se acharem que não há uma única app que o justifique, desactivar a o Background App Refresh na sua totalidade, afectando todas as apps.

1 comentário:

[pub]