2020/02/07

Notícias do dia

Allianz Portugal não valida emails dos clientes embora diga fazê-lo; Tesla remove Piloto Automático de Model S vendido em segunda mão; iOS revela que Apple quer usar iPhone e Apple Watch como chave para automóveis; nas promoções temos o Xiaomi Mi 9T a €257 e um aquecedor de água instantâneo para torneira a €23; e ainda mais um relatório que demonstra que dados "anonimizados" continuam a ser um grave risco para os utilizadores.

Antes de passarmos às notícias de hoje, já temos novo passatempo do gadget da semana que te pode vale um cartão microSD 64GB.

Seagate promete discos HAMR de 20TB para este ano



Depois de permanecerem nos laboratórios durante quase uma década, os discos HAMR estão finalmente prontos para chegar às lojas - ou assim promete a Seagate, que diz que começará a comercializar discos de 18TB e 20TB com HAMR ainda este ano.

A tecnologia HAMR utiliza lasers para aquecer os sectores magnéticos com tamanho cada vez mais diminuto, permitindo uma maior densidade de informação (densidade essa que teoricamente poderá permitir discos de 3.5" com 80TB no futuro) - mas ainda sem que tenham sido reveladas informações concretas sobre o impacto no desempenho e durabilidade dos dados a médio / longo prazo. Seja como for, para quem lutar com a falta de espaço nos discos actuais, este ano poderá ficar com mais alguns TB de folha para os seus backups ou outros dados.


Huawei defende-se de acusação de "backdoor" nos chips HiSilicon




A Huawei já veio responder à acusação de que os chips HiSilicon incluíam um backdoor, demonstrando que a falha não tem qualquer relação directa com os chips mas sim com o software que os seus clientes utilizam, e que está fora do seu controlo (sendo que nenhum dos SDKs fornecidos com os chips contém essas vulnerabilidades).

A falha, que permitia o acesso via Telnet a equipamentos, é feita através do software (normalmente o Linux Busybox) que é utilizado nesses equipamentos, e seria transversal a qualquer hardware que fosse utilizado nessas mesmas circunstâncias. Ou seja, seria o mesmo que estar a culpar a Intel ou AMD de terem backdoors por vulnerabilidades ou más configurações que existissem no Windows.


Google e Facebook querem activar cabo trans-pacífico sem secção de Hong Kong / China



A Google e Facebook estão a ficar fartos com as questões políticas que têm impedido a entrada em funcionamento do PLCN (Pacific Light Cable Network), o cabo submarino trans-pacífico que liga os EUA directamente à Ásia. Na altura o cabo era visto como uma ponte directa que permitiria ligar os EUA à China através de Hong Kong, mas que agora é considerado pelas autoridades norte-americanas como uma potencial ameaça.

Para tentar minimizar os prejuízos resultantes de todos os adiamentos, a Google e Facebook procuram agora permissão para começarem a utilizar o cabo e a sua ligação ao Japão, deixando desactivada a secção de ligação à China. O cabo com quase 13 mil quilómetros permite uma largura de banda de 144 terabits por segundo (18 Terabytes por segundo).


Moto Razr falha após 28 mil dobragens


A Motorola fica "mal vista", com o seu novo Moto Razr dobrável a falhar num ciclo de testes após apenas 28 mil dobragens, quando o Galaxy Fold enfrentou mais de 100 mil sem problemas. O problema não teve a ver com o ecrã, que permaneceu funcional, mas sim com o mecanismo mecânico da dobradiça. Além disso, embora não seja bom indicador, importa relembrar que um único teste feito a um único smartphone não será suficiente para concluir que todos eles sofram problemas idênticos.




Curtas do dia


Resumo da madrugada

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]