2020/06/13

A "lentidão" da velocidade da luz


Estamos habituados a tratar a velocidade da luz como sendo algo super-rápido mas, como sempre, é tudo uma questão de perspectiva, e não é preciso ir muito longe para se começar a reconsiderar essa ideia.

Com uma velocidade de 300 mil km por segundo (299,792,458 m/s se quiserem ser mais exactos), a velocidade da luz é considerada o limite de velocidade máximo absoluto no nosso Universo - e, para todos os efeitos, parece incrivelmente rápida quando analisada à nossa escala terrestre. Afinal, à velocidade da luz é possível dar a volta à Terra mais de 7 vezes por segundo.



O "problema" é que basta sair do nosso planeta para se ter uma perspectiva diferente sobre a velocidade da luz. Se dermos um salto até à lua, mesmo aqui ao nosso lado, a luz já demora 1.25 segundos para lá chegar. E para chegarmos a Marte, são precisos uns demorados 3 minutos; e isto para não falar nos 8 minutos que a própria luz do Sol demora para chegar até nós. E nem vamos falar do tempo que demora a chegar aos planetas mais distantes do sistema solar (4.6 horas para chegar a Plutão), ou ao sistema solar mais próximo do nosso (4 anos) - para não falar da galáxia mais próxima, Andromeda, a 2.5 milhões de anos luz.

É tudo uma questão de perspectiva...




9 comentários:

  1. Contudo, a ciência já sabe que existe algo mais rápido que a velocidade da luz.

    ResponderEliminar
  2. Não existe propriamente nada mais rápido que a luz. O que acontece é que o universo está em expançao, e em determinados momentos essa expançao é tão rápida que dois pontos distintos podem afastar- se a uma velocidade superior à da luz. Mas isso não significa que exista algo que se movimente de um ponto "a" até a um ponto "b" mais rápido que a luz.

    ResponderEliminar
  3. Que artigo da treta... Resumindo: a velocidade é sempre a mesma mas se fizermos 'zoom out' parece mais lenta. UAU, que revelação fantástica

    ResponderEliminar
  4. Mas na perspectiva do fotão que viaja à velocidade da luz, por maior que seja a distância a cobrir, percorre-a em tempo zero, segundo a teoria de Einstein. Logo, se fosse possível ao ser humano viajar à velocidade C, aconteceria o mesmo. Isso seria fantástico

    ResponderEliminar
  5. Uma pequena correção, a galaxia mais próxima fica a 2,5 milhões de anos luz

    ResponderEliminar
  6. Outro valor curioso é que para atravessar a nossa própria galáxia de uma ponta à outra são precisos 100mil anos à velocidade da luz... Claro que tb havia muitos pontos de interesse para fazer possíveis paragens pelo caminho - com cascatas nunca antes vistas ;)

    ResponderEliminar

[pub]