2020/07/06

CTT usam particulares para entregas?


O Covid-19 veio fomentar as compras online, pressionando ainda mais as empresas responsáveis pelas entregas, e nos CTT aparentemente levando à contratação de particulares para fazer a entrega de encomendas e correspondência.

Em vez de recorrer unicamente aos seus próprios funcionários, os CTT estarão a contratar indivíduos sem qualquer vínculo com a empresa para fazerem as entregas, usando as suas próprias viaturas particulares.



Se por um lado pode ser uma medida de emergência para lidar de forma mais imediata com um volume excepcional de entregas, por outro lado não deixa de ser bastante estranho que uma empresa responsável por um serviço nacional de importância crítica esteja a recorrer a tácticas estilo "Uber" para sub-contratar o serviço que ela própria deveria fornecer - e no processo adicionar mais uma camada de incerteza.

Pessoalmente, tendo tido a sorte de receber 99.9% das compras que faço, sem chatices, tanto nas que são entregues via CTT como através de outras empresas de entregas. A única "chatice" que me lembro de ter tido com os CTT nos últimos anos foram algumas cartas com a conta da NOS que, por vezes, com demasiada regularidade chegavam depois do prazo de pagamento - mas nunca tendo ficado esclarecido se a culpa seria dos CTT por atraso nas entregas (o que não me parecia provável, considerando que recebia diariamente outra correspondência) ou uma forma da NOS tentar forçar a adesão à factura electrónica. Mas, para aquelas pessoas que vivem em áreas com maior predominância de "entregas perdidas", que garantias poderão ter com este tipo de serviço? O que acontece quando algo desaparecer, e nem sequer houver um funcionário dos CTT responsável para "dar a cara" pela entrega que deveria ter feito?

... Ao menos nos Uber temos a possibilidade de avaliar o serviço prestado dando as "estrelas"... :P

76 comentários:

  1. Sim, na minha zona desde março é assim e agora deixam me as encomendas a porta mas à vista de todos (estilo USA) mas registam a entrega como se tivesse sido feita em mao. Ou seja, o método até é eficaz mas nao me protege caso algum vizinho me roube a encomenda. Ao menos registavam como "deixada À porta" salvaguardando-me caso algum dia eu reclame por não a ter recebido.
    Ontem seguiu feedback À amazon e queixa aos CTT.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Inadmissível, nem quero acreditar que façam isso, é deturpar por completo a forma e segurança de entrega das encomendas e correspondencia!

      Eliminar
    2. Foi com foto e tudo a reclamação. De certo modo, dei feedback à amazon e tentei salvaguardar-me de eventos semelhantes no futuro

      Eliminar
    3. É falso. Eles tocam à campainha e avisam. Nunca me deixaram, nem aos meus pais, qualquer encomenda no prédio que não fosse feito o alerta antes. Caso não esteja em casa, não deixam ficar, ponto.

      Eliminar
    4. Alexandre, tocam tocam, então não tocam, há mais de 1 a 2 anos que não me tocam à porta, deixam aviso e piram-se e quem quiser quer, quem não quiser que se aguente.
      Não fazes mesmo ideia da realidade e ainda vens para aqui com tretas de que quero é ficar sentado no sofá e pior ainda, que sou ignorante. se estivesses no meu lugar, já tinhas matado um ou dois!!!

      Eliminar
    5. Envio tudos os dias varias encomendas via ctt e recebo mesmo muitas e nunca tive queixa nas que recebo. Tocam e ate chamam por o nome agora nas enviadas tive atrassos de um oi dois dias maa nada de grave. E os clientes do dizem que deixam postal..

      Eliminar
    6. Eu tambem nao recebi a minha correspondência,possivelmente foi furtada,
      agora sei porquê,
      colocar brasileiros a distribuir cartas e encomendas, dá nisto.

      Espero q os CTT paguem indemnizações a milhares de pessoas por nao prestarem o serviço que foram pagos e por fraude... e destruiçao , roubo de propriedade alheia..

      Ja contactei o meu advogado.

      Façam queixas na Deco e accionem os advogados

      Quanto ao COVID, acho q o Covid nao proibe ninguem de trabalahr, mais aprece uma desculpa desfarrapada apra proimever o trabalho sem condiçoes , precário e ILEGAL em Portugal.

      Eliminar
  2. Correios?
    A pior empresa em Portugal, uns javardolas que nem no Saara teriam ligar.
    Já nem respondem às reclamações, e o Zé povinho que se lixe.
    Não nacionalizem aquela bosta não, que não é necessário!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dou graças por não ser nacional e espero que nunca volte a ser...se não estava eu a pagar pra manter mais uma empresa a dar prejuízo como a TAP :p Sendo privado, se dá prejuízo, fecha...se não se está contente com eles, usa-se outra.

      Eliminar
    2. Javardolas! Profissionais que quer faça chuva ou sol, asseguram a entrega dos vales a todos os reformados. Profissionais que asseguram em tempo de crise a entrega das coisas em casa, colocando a sua saúde em risco enquanto provavelmente o sr. está sentado no sofá...javardolas! Que ignorante!

      Eliminar
    3. Só lhe deixo uma nota, pois pelos vistos não tem conhecimento disso. Antes de ser privatizada a empresa CTT dava lucro ao Estado. 10milhoes anuais.

      Eliminar
    4. Miguel, dás graças porque não tens de esperar 3 meses para receber uma encomenda ... dás graças porque nunca te perderam qualquer encomenda ... dás graças porque podes usar outra e eu não, tenho de me sujeitar a essa porcaria de empresa porque não tenho escolha.
      "Pimenta no traseiro dos outros, é refresco"

      Eliminar
    5. Alexandre??
      Profissionais??
      Não me faças rir, desde quando um profissional não responde a 12 reclamações??????????????
      Desde quando um profissional vem com o aviso já pré-preenchido, não bate à porta e pira-se antes que eu veja que ele não trouxe encomenda nenhuma????
      Desde quando é que um profissional não bate à porta e marca lá no papelinho que "Não atendeu"???
      Poderia dar-lhe "n" exemplos, mas como o Miguel, "Pimenta no traseiro dos outros, é refresco" certo?
      São JAVARDOLAS sim, INCOMPETENTES como eu nunca vi, uma porcaria de bradar aos céus.
      Nacionalizem isso que assim, quem se lixa é o Zé povinho (menos o Miguel e o Alexandre, que esses não são Zé povinho e estão agradados com o comportamento dessa bosta de empresa)

      Eliminar
    6. Sr. BELL OTUS, PERFEITA DEFINIÇÃO! REALMENTE A PIOR EMPRESA DE PORTUGAL... VÊM COM O PAPELINHO JÁ PREENCHIDO E PIRAM-SE DE SURRA SEM SEQUER TRAZER A ENCOMENDA QUE DEPOIS TEMOS QUE ANDAR ATRÁS NO DIA SEGUINTE... JÁ DESISTI DE FAZER RECLAMAÇÕES... INÚTEIS É O QUE SÃO!

      Eliminar
    7. Amigo, grande parte das vezes que os CTT não entregam uma encomenda, no dia a seguir tem de lá voltar para tentar a entrega de novo. E mesmo que não seja o caso, para além de ter de andar com as suas encomendas o dia todo, ainda tem de chegar a um centro de distribuição e ir preencher papelada por cada uma dessas encomendas que ficou por entregar. O amigo secalhar devia de ir ver o estado da sua campainha, que provavelmente não toca, e a localização da mesma, que muitas vezes não estão visíveis/perto das caixas de correio.

      Eliminar
    8. Aqui na minha zona também é assim, o funcionário não toca à campainha e só deixa o aviso no dia seguinte... Cheguei a estar em casa a controlar a entrega pelo site dos CTT, aparecer no site que a encomenda não foi entregue porque ninguém atendeu e estarmos todos em casa... Fui logo ao posto dos CTT fazer reclamação, admitiram que aquele funcionário já tinha tido várias reclamações, mas o que é certo é que passado tanto tempo comtinua a fazer o mesmo. Prefiro receber as encomendas no meu local de trabalho em Lisboa do que em casa...

      Eliminar
    9. Ó meus amigos. Queixam-se tanto para quê? Em vez de reclamar, levantem o cu da cama e vão comprar as coisas às lojas. Os comerciantes agradecem e os que lêem estas publicações não teem que levar convosco. E sim, trabalho nos CTT. Não consigo passar o dia inteiro à frente de um computador sem fazer nada, porque não tenho tempo, pois graças a vocês, tenho de trabalhar cerca de 10 horas por dia sem estar perto da minha família, para que pessoas como vocês não reclamem tanto.

      Eliminar
    10. Desculpe lá, mas se acha que está horas a mais a trabalhar porque não arranja outro trabalho em vez de andar aqui a defender um empresa que neste momento representa o pior que temos no país. Está a desculpar os maus funcionários, os maus chefes, os maus diretores e os maus gestores com a pandemia quando o problema dos CTT já tem muitos anos e nem a concorrência fez com que o serviço ficasse melhor.

      Eliminar
    11. Que tal saber reclamar, respeitar os outro, não ser malcriado. Perdemos toda a razão quando somos malcriados. A vida destas pessoas deve ser exemplar. Talvez a empresa em causa os devesse contratar e todos os problemas acabavam

      Eliminar
    12. Qual concorrência? E onde estão outros empregos? Já agora se querem elhirar o serviço que tal ir algum de vós para lá! É que temos falta de pessoal, e talvez nos ensinassem a ser menos "javardolas", assim como talvez lhes desse algum valor. Tanto haveria para dizer... Força carteiros dos CTT!!!

      Eliminar
    13. Melhorar, peço desculpa

      Eliminar
    14. Todas as empresas que dão lucro são entregues a particulares amigos, depois de roubarem tudo e antes da falencia, já sem dinheiro o Estado fica de novo com elas, até darem novamente lucro para voltar à mão de particulares amigos. Qualquer dia lá vai o banco de portugal... QUE SAUDADE EU TENHO DOS TEMPOS GERIDOS PELO DR. SALAZAR. .\\.

      Eliminar
    15. Façam qeuixa a DECO e metam-os em tribunal tem que pagar indmenizaçoes,, pelo trabalho nao relaizado e ja apgao e por furto da encomenda.

      MEtem brasielriso a trabalhar , dá nisto.

      Eliminar
  3. Como alternativa aos CTT sugiro a empresa 100% nacional DELNEXT (https://www.delnext.com). Tenho usado várias vezes e estou extremamente satisfeito. Experimentem também :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. La Palisse quando a sua delnext tiver o volume de entregas dos ctt com metade dos funcionarios o seu brilho nos olhos desaparece

      Eliminar
    2. Obrigado.
      Vamos lá a ver é se não é só para Portugal continental.

      Eliminar
    3. Alternativa é DHL. Mais barato e tudo.

      Eliminar
  4. Pior é na minha zona. Para não subir ao meu andar de elevador, avisam assim: “Olhe, a encomenda vai de elevador até aí acima”. E tendo sido assim nos últimos temos. Dizem que é para evitar o contacto com os clientes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Política de todas as Empresas de distribuição, de acordo com as orientações da própria DGS para o setor. Desconhecer isso é ainda vir criticar é demonstrar ignorância.

      Eliminar
    2. Podes me ajudar a encontrar a recomendação da DGS que diz para deixar a encomenda no chão do elevador e carregar no botão do andar pf? Procurei e não encontrei...

      A não ser essa seja a interpretação (muito própria!) de uma recomendação genérica para as "vendas porta a porta/ Serviços ao domicílio"

      Eliminar
    3. E ainda reclama quando pelas normas é deixar na porta e vc ir busca-la la em baixo.

      Eliminar
    4. Enquanto estiveram com o cu "confinado" em casa, houve pessoas com família em casa que estiveram a arriscar a própria vida para entregar coisas muito "importantes" como roupa, sapatos, cadeiras gaming, café entre outras cagadas...

      Eliminar
    5. Caríssimo, não há empresas perfeitas.
      Ordens da empresa. Tempo de.pandemia, quando o Sr. estava em teletrabalho e a fazer encomendas para não sair de casa , os carteiros, essas visitas, estavam a dar o corpo ao manifesto a satisfazer as suas necessidades. Correndo riscos de ficarem infectados e a infectar as suas famílias enquanto o Sr. estava no conforto do seu lar. As ordens são da empresa para não entrar nos condomínios para não correr o risco de ser infectado, mas também para não correr o risco de.infectar ninguém.
      Se tiver algum amigo que trabalhe nos ctt, essa empresa do bosta, pergunte se não falo verdade. Antes de criticar, podemos ter noção dos factos,.termos o cuidado de nos informarmos. Os carteiros nunca estiveram em teletrabalho...

      Eliminar
    6. Quem não quer encomendas a subir no elevador, q mexa o cu e desça para as ir buscar, querem empregados, essa é boa..

      Eliminar
    7. Há uns tempos atrás, achando que estava a fazer um bom serviço, subiva um terceiro andar para entregar uma encomenda. Quando lá cheguei, a menina diz-me: não toque em nada porque aqui neste piso estamos todos infectados. De seguida fui entregar outras encomendas noutros sítios. E agora? Apanhei e infetei alguém? Se pensar como a maioria dos que se importam em ir ao elevador buscar a dita encomenda acho que não me importava de espalhar um pouco do vírus a essas pessoas. Já que estão em casa sem fazer nada, mais uns dias não importavam...

      Eliminar
  5. Os CTT nunca deram prejuízo ao País.Para informação de alguns que vêm para aqui debitar ignorância,e confundir um poço sem fundo ( tap) com uma empresa que nunca precisou de dinheiro dos contribuintes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mesmo que dessem, FUNCIONAVAM como deve ser!!!
      PS : parece haver alguém muito preocupado com o dar ou não prejuízo quando temos bancos e clubes de futebol a deixar o país no estado em que ele está

      Eliminar
  6. Na minha rua continua a ser entregue por funcionários dos CTT, mas devem existir outros sítios na minha localidade que recorrem a este sistema. No outro dia fui levantar uma encomenda na estação e estava lá um homem a queixar-se que esteve em casa mas a encomenda não tinha chegado como previsto, quando saiu da estação ouvi as funcionárias a comentar que tinha sido um dos "novos subcontratados". De trabalho precário e mal pago não se pode esperar mais, mas os talentosos gestores que tomam estas decisões de certeza que são bem pagos

    ResponderEliminar
  7. Há muito que os CTT recorrem a subcontratados para efectuar distribuição postal, mormente em vilas e aldeias. A qualidade e sigilo da distribuição está directamente relacionada com as qualidades do indivíduo que a faz, pois não há qualquer tipo de controlo, nem de seleção, entra qualquer qualquer um, e por lá ficará até arranjar um trabalho melhor e mais bem pago.
    A utilização de carros pessoais é a norma, e vá lá que ainda não vi nenhuma carrinha de caixa aberta!
    A minha opinião sobre os CTT: Serviço péssimo, que não cumpre nenhum dos critérios de qualidade já de si permissivos, mas que continua sabe-se lá como, com o serviço postal universal. E sim, piorou muitíssimo com a privatização!

    ResponderEliminar
  8. Um nojo de empresa que nem se digna responder reclamações que já eram enormes antes do Covid. Este agora é desculpa para tudo, tapar qualquer incompetência

    ResponderEliminar
  9. cartas eu recebo muito poucas ou nenhumas e encomendas 2 vou 3 vezes por mes.
    onde eu moro ainda nao tenho razoes de queixa, o resto nao sei

    ResponderEliminar
  10. O desnorte dos CTT é tanto que no dia 3/7 recebi 3 encomendas nacionais uma as 8:45, outra as 13:20, e a última que devia vir com a primeira as 20:15, a ultima veio numa carrinha descaracterizada em que o indivíduo nem farda tinha, por acaso eu estava a porta do prédio e ele vinha com a encomenda debaixo do braço e eu digo é para mim é da “xpto” que por acaso até tinha o nome estampado na caixa, qualquer pessoa via o nome. Eu só me pergunto e se não fosse para mim, ou se fosse outra pessoa a dizer que era dele, o tipo entregou a encomenda sem se certificar que eu era o dono e sem a registar só na carrinha é que a registou como entregue.
    O tipo nem me conhece e eu nem o conheço a ele, se fosse os carteiros da zona esses conhecem-me uns melhores que outros, agora este tipo entrega a encomenda sem mais nem menos, se os ctt perderem a encomenda é mais uma 🤬😡 entre milhares, péssima ideia essa, eles que contratem funcionários, qualquer dia temos a uber a fazer entregas :( se assim já algumas se perdem, com estas tretas todas não é de admirar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, se lhe pedisse a identificação é porque estava a desconfiar, "porque sou um pessoa séria", como não pediu já é malandro.... Enfim é como a história do rapaz e do burro...

      Eliminar
    2. Por acaso tinha a sua identificação consigo ? É que grande parte das vezes, para além de ter o carteiro de subir 3 ou 4 andares, ainda tem de esperar que o freguês vá buscar o b.i. O carteiro é mal pago, faz o trabalho de 2 muitas vezes, e ainda querem mais. Escreva o nome na testa que assim já não voltam a haver dúvidas.

      Eliminar
    3. Não há necessidade de se irritarem. Como em todo o lado, haver bons / maus profissionais não é um exclusivo dos CTT, tal como haver bons / maus clientes nao é exclusivo de nenhuma área geográfica.
      Há que respeitar de parte a parte, sendo também compreensível que um carteiro que não seja bem tratado se sinta menos motivado para "fazer favores"; e que alguém que tenha passado por experiências desagradáveis com o seu carteiro / CTT fique tentado a generalizar que "são todos iguais".
      Não interessa andar a desculpar uns ou outros: as boas experiências de uns não resolvem as más de outros, e não adianta andar a desculpar quando isso acontece. Há sim que haver responsabilização, de parte a parte, para que as coisas más não aconteçam.

      Neste momento todo o sistema assenta no pressuposto da confiança de que o carteiro vai fazer o seu serviço como é suposto. Não há qualquer controlo caso ele diga que entregou na caixa do correio sem ter entregue, ou que tentou tocar à campainha sem o ter feito. Ao contratarem pessoas que nem sequer têm vínculo permanente com a empresa, apenas se dá ainda mais oportunidade para que maus "profissionais" abusem desse sistema.

      Eliminar
  11. Até hoje nunca tive problemas na zona onde moro. Tanto com encomendas como com cartas. E encomendo mesmo muita coisa. Mas não duvido que haja zonas do país com mais profissionais.

    ResponderEliminar
  12. Utilizem a Pgm serviço de postal concorrente dos ctt

    ResponderEliminar
  13. É verdade que os CTT, não estão ao seu melhor. Tive uma serie de encomendas entregues por ele e uma delas, vinha no tracking que fizeram tentativa de entrega. Pois eu estou em tele trabalho e estou em casa o dia todo. Fiz reclamação e a resposta deles no dia seguinte, já depois de a mesma me ter sido entregue, foi para me dizer que já tinha sido entregue. Já teve melhores dias esta empresa.

    ResponderEliminar
  14. Que parvoíce de notícia, se é que se pode chamar notícia. Eu já fui carteiro há uns anos na zona de Porto Salvo, Oeiras e quando fui contratado os CTT deram-me duas opções: ou utilizava o meu veículo próprio e pagavam-me os kms ou andava com viatura dos CTT. Na altura optei por usar a minha viatura. O carro com encomendas quem se vê é só um colaborador CTT que preferiu usar a sua viatura e ser pago pelos kms.

    ResponderEliminar
  15. Agora é que pode vir a haver muito extravio..muitos anos a desenvestir para distribuir prêmios pelo topo da empresa.
    .

    ResponderEliminar
  16. A empresa CTT sempre deu lucro ao estado português enquanto empresa em que o maior acionista era o estado, quem não quiser ver os seus impostos canalizados para a nacionalização desta empresa com receio de ser um novo banco, banco privado português, TAP etc...não faz a minima noção de economia mas depois não se queixem dos prejuízos da RTP, CP e demais empresas que do orçamento de estado saiem verbas astronómicas mas que ninguém fala...?
    Dou um exemplo e agradeço que verifiquem a Inglaterra privatizou os correios ingleses e ao final de 3,4anos chegaram à conclusão que tinha sido um erro privatiza-Los e nacionalizaram os novamente agora os iluminados que expliquem como foi possível nacionalizar e o porquê da nacionalização.
    Amigos aprendam com os exemplos dos outros países até porque poucos aprendem, quando a China em Novembro apresentava números de infetados preocupantes a nossa diretora da DGS mencionou no início de Fevereiro que o covid-19 passaria em Portugal em forma de uma simples gripe...

    ResponderEliminar
  17. O estado português lucrou cerca de 960 milhões de euros a quando da privatização dos CTT se hoje a quisesse nacionalizar a 100% pagaria 335 milhões, percebem como a Inglaterra fez o negócio e a empresa não fazia o serviço público postal como estava estabelecido e assim resolveu o problema, mas Portugal não precisa nacionalizar pra resolver o problema, basta pra isso se tornar no maior acionista com cerca de 20% do capital e com 60 milhões resolve a situação e como na TAP designa alguns elementos do Conselho de administração e passa a mandar nos destinos da empresa CTT e o povo terá toda a legitimidade de pedir novamente que o serviço postal público se proceda como antes da privatização e garantidamente o povo terá um serviço melhor e o estado uma nova e antiga fonte de rendimento anual na ordem dos 10 milhões de euros.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para que conste...no ano em que foi privatizada a empresa teve um lucro de 45 milhões de euros e distribuiu 65milhões em dividendos pelos accionistas . Os empregados , esses , tiveram um aumento de cerca de 10€ e simultaneamente viram ser lhe retirado o subsídio de pequeno almoço ( que era pago face à hora madrugadora a que entravam ao serviço...) . É fácil fazer contas...

      Eliminar
    2. Já agora e porque esqueci de o referir...esse subsídio de pequeno almoço representava cerca de 20€ mensais...😁😁😁...repito ...façam as contas...

      Eliminar
  18. quem está a defender o seu emprego não pode reclamar de falta de condições. isso não é da responsabilidade do cliente e ele não tem de ser prejudicado por isso. paga pelo serviço como qq pessoa paga pelos serviços que precisa, se não está bem, mude-se. estamos a falar de empresas privadas e como tal só tem que cumprir o serviço que oferecem. vocês são pagos para isso. bem ou mal. deixar avisos de cartas registadas que dizem ter sido entregues ao morto (nome do destinatário que não sabem que faleceu) é no mínimo aquilo que se chama de mau serviço. pagamos temos de ter o serviço prometido. e mais nada. eu também gostava de muita coisa mas não vou estar aqui a mandar bocas a quem paga pelo serviço mal feito. opções. mal muda-se. é a vida. todos temos problemas. é preciso lata. parecem os taxistas sentados à espera de mais um apoio do estado em vez de fazer pela própria vida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os CTT não têm como saber se a pessoa morreu, quem envia a correspondência sim, logo não é mau serviço, os CTT fazem aquilo que lhes incumbe.

      Eliminar
    2. não percebeu a ironia. a carta veio em nome duma pessoa que já tinha falecido e apesar de estar gente em casa, deixaram a carta registada no correio e no tracking dos ctt.pt dizia que a carta tinha sido recebida pela morta. no minimo ridiculo para não dizer mais. a morta veio à porta receber a carta?

      Eliminar
    3. A ordem é para por a carta na caixa e por no PDA o nome do destinatário por causa do covid , o carteiro como é obvio não sabe se a pessoa está viva ou se ainda ai mora ,a pessoa que mora nessa morada é que tem que anotar a carta com mudou-se ,já não mora aqui etc. e nós devolvemos o carteiro fez o que lhe competia, se está mal ou não é as ordens que tem por parte da empresa.

      Eliminar
    4. Sr. temdesernãochega então uma pessoa que não tem condições de trabalho não pode reclamar?Você só pode ser patrão ou então não trabalha e se trabalha deve ser para si ou na empresa perfeita ,se nós não temos condições de trabalho como é que quer ser bem servido? Nós estamos mal mas de arrasto os clientes tambem , se realmente pudesse sim tambem me mudaria talvez você me consiga um emprego na sua empresa onde não faltam condições,como você tambem não está bem procure outras empresas em vez de estar sentado à espera se não está a ser bem servido olhe é a vida...

      Eliminar
  19. Sempre utilizei os CTT, com muita satisfação mas confesso que depois da venda para os chineses a qualidade do serviço piorou.

    ResponderEliminar
  20. Eu sou carteiro e posso dizer se não existe qualidade não é por parte dos carteiros pelo menos na grande maioria , nós levamos os nossos carros particulares porque senão teríamos de ir de autocarro a empresa só paga o valor do pré comprado e sendo assim imaginem o tempo que se perde em transportes e carregado ,depois gostava de ver quem comenta aqui ter que fazer um trabalho com qualidade que demora cerca de 14 horas em 8 porque as voltas são muito grandes e se não o fizer no dia seguinte acumula ,depois as ordens que temos é de não ir à porta do cliente a pessoa se quiser o pacote de de vir cá abaixo buscar algumas pessoas é que pedem para por no elevador porque nem esse trabalho querem ter senão vai levantar na estação as cartas registadas sem aviso de recepção são postas directamente na caixa e mesmo algumas com a.r. por ordem das chefias também são por ex: portagens ou seja senão fosse por nossa boa vontade ainda era muito pior depois não contrataram ninguem com a descupa do covid e todos os dias faltam 7/8 pessoas umas porque estão de baixa ou ferias e essas voltas não tem niguem hoje fazemos uma volta amanha outra e sempre a acumular se pensam que é fácil então experimentem a andar à chuva e ao calor na rua sempre em alto ritmo ,depressa e bem não ha quem natural os erros,mais esta empresa sempre deu lucro agora é para os acionistas mamarem acham que vale a pena por 800 euros por mês? e tenho quase 30 anos de casa pensem um bocado antes de criticarem os carteiro.

    ResponderEliminar
  21. Boa tarde.
    Se forem a página dos CTT existe lá um formulário para contratação de carteiros. É só preencher. Assim vêm o trabalho e esforço que eles fazem. Enquanto vocês estão no fresco, ou no quentinho, ou abrigados da chuva. Ou ate em quarenta são eles que andam na rua a satisfazer as vossas extravagâncias.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Porque é que anda toda a gente a confundir condições de trabalho com justificações para fazer mau serviço? Vamos falar dos lixeiros que andam à chuva a apanhar o lixo dos outros?
      E que tem isso a ver com "extravagâncias"? Não é competência dos correios opinar sobre o que cada cidadão recebe, seja uma carta das finanças, ou uma multa, ou um postal de aniversário, ou uma prenda enviada por família do outro lado do mundo. Da próxima vez que fores a um restaurante queres ter o "garçon" a dizer que é extravagante comeres um bife porque ele mal pode pagar uma salsicha?

      É triste ver carteiros a trabalhar em condições difíceis (terem que usar carros próprios, ou serem "forçados" a fazer mais entregas do que as que seriam humanamente possíveis, etc) - tal como é triste ver isso em qualquer outra actividade em que, por conta do covid-19 se passou a ter metade dos funcionários mas sendo-lhes pedido que façam o trabalho de todos. Em vez de tentarem usar isso como justificação para que se faça um mau serviço, resta apenas fazer o bom serviço possível, e - em vez de ficarem na defensiva - lembrarem aos clientes que fazem muito bem em reclamar, mas que o façam da forma correcta e para o local certo: ou seja, reclamar com os CTT de que a correspondência está a ultrapassar os limites aceitáveis dos prazos de entrega (e para isso ajudaria que não se fosse distraído com as tentativas de enganar seja quem for, como os casos de avisos pré-preenchidos que sao colocados nas caixas sem que sequer se toque à campainha; ou dizer que se tentou entregar sem lá sequer se ter passado - isso só serve para criar reclamações que seriam de evitar e que distraem do real problema).

      Eliminar
  22. É falso o que é dito.
    O funcionário dos CTT toca à campainha da pessoa a quem se destina a encomenda, caso a pessoa em causa não abra a porta, o funcionário tenta através de outros moradores ter acesso à caixa de correio do visado para lhe deixar o aviso para que o mesmo possa levantar a encomenda numa estação de correios.
    Se não conseguir nesse dia deixar o aviso, volta a tentar no dia seguinte.
    Isso aconteceu comigo.

    ResponderEliminar
  23. Por isso mesmo, se faz um serviço melhor preencha o formulário de candidatura a carteiro. Seria uma mais valia para a sua rua.

    ResponderEliminar
  24. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  25. Na minha zona não tenho razão de queixas dos carteiros. De vez em quando, lá se enganam, e entregam as encomendas em terras diferentes, mas acho que são só os carteiros novos.
    Queixo-me sim, da lentidão dos serviços centrais dos CTT, que só devem empregar manetas e pernetas. As minhas encomendas demoram 3x/4x mais, a serem entregues em Portugal, que no país de origem, a serem enviadas. Desgraça total. Como são funcionários CTT que controlam a alfandega, a espera é desesperante.

    ResponderEliminar
  26. Nem acredito no que leio, pode até ser o pior serviço de entregas, mas se não são eles as vossas coisas não chegavam a casa... Se não fossem eles podem pagar à DHL ou à UPS que leva os olhos da cara, e não só, por um envio... Se são assim tão maus porque não vão vocês buscar as vossas encomendas onde as compram???? À China por exemplo.... Seja debaixo de chuva frio ou sol, eles andam na rua e nós, nós estamos com o cu sentado no sofá à espera da encomenda,as senão chega, viramos o diabo... Pois é, agradeçam a essas pessoas que colocam os carros deles à disposição para vos fazer chegar as coisas... Para um senhor desconhecido que mencionou que dava 10 milhões de euros de lucro ao estado, se assim fosse porque carvalhos a venderam??? Ou será que esses lucros são puras mentiras como muitas outras???? Bla bla bla bla bla, não faço parte deles mas se pudesse fazia...

    ResponderEliminar
  27. Nem acredito no que leio, pode até ser o pior serviço de entregas, mas se não são eles as vossas coisas não chegavam a casa... Se não fossem eles podem pagar à DHL ou à UPS que leva os olhos da cara, e não só, por um envio... Se são assim tão maus porque não vão vocês buscar as vossas encomendas onde as compram???? À China por exemplo.... Seja debaixo de chuva frio ou sol, eles andam na rua e nós, nós estamos com o cu sentado no sofá à espera da encomenda,as senão chega, viramos o diabo... Pois é, agradeçam a essas pessoas que colocam os carros deles à disposição para vos fazer chegar as coisas... Para um senhor desconhecido que mencionou que dava 10 milhões de euros de lucro ao estado, se assim fosse porque carvalhos a venderam??? Ou será que esses lucros são puras mentiras como muitas outras???? Bla bla bla bla bla, não faço parte deles mas se pudesse fazia...

    ResponderEliminar
  28. descambou completamente. parece uma página sindical e não uma noticia como os correios tratam a nossa correspondência, um serviço pago e muito mal prestado pela empresa. empresa! ninguém está a falar de pessoas. estamos a falar duma empresa que presta um mau serviço e no entanto assim continua impávida e serena sem qualquer sanção do regulador para quem todos os contribuinte pagam com os seus impostos. não nos estão a fazer favor nenhum por um serviço pago muitas vezes e poucas vezes cumprido conforme a regulamentação aprovada.
    infelizmente não são os únicos a empresas de entregas adoram deixar as encomendas com quem querem e tem a pessoa que pagou pelo serviço estar a fazer o serviço deles se quiser ter a encomenda mais depressa. seja aqui ou em países civilizados do norte da europa.

    ResponderEliminar
  29. Estou incrédulo: os carteiros, que não passam de escravos para esta administração, em vez de concordar com as justas críticas pelo mau serviço e incentivar as queixas para que algo possa mudar, não, estão do lado da empresa! Inacreditável!! Isto é lamber a mão de quem os açoita. Afinal não são só maus profissionais, são más pessoas. Acordam para a vida porra!!

    ResponderEliminar
  30. agradeçam todos ao Passos Coelho

    ResponderEliminar

[pub]