2021/06/06

Cientistas extraem lítio da água do mar

Cientistas dizem ter descoberto um método para extrair lítio da água do mar de forma eficiente e economicamente viável, podendo acabar com o problema da sua mineração.

Investigadores da Universidade KAUST podem ter descoberto algo que pode vir a revolucionar toda a indústria das baterias. O lítio é, actualmente, o componente indispensável para as baterias mais eficientes que temos, mas a sua mineração apresenta graves problemas ecológicos, que se podem agravar à medida que se vai fazendo a transição para um mundo mais eléctrico. Mas, há uma fonte alternativa: o mar.

Existe cerca de 5 mil vezes mais lítio nos oceanos do que nos depósitos terrestres, mas numa densidade extremamente reduzida de 0.2 partes por milhão. O problema é encontrar uma forma que permita a sua extracção de forma economicamente viável, que é exactamente aquilo que estes cientistas dizem ter conseguido fazer usando uma membrana cerâmica num processo idêntico ao de uma célula de combustível de hidrogénio (mas com outros compostos). Ao longo de vários ciclos de refinamento, o sistema consegue aumentar a concentração do lítio para mais de 9000 ppm, possibilitando a sua transformação para lítio com pureza suficiente para ser utilizado em baterias.

Os investigadores dizem que bastaria $5 de electricidade para extrair 1 kg de lítio da água do mar, e que seriam obtidos compostos adicionais como hidrogénio e cloro que, por si só, já tornariam o processo economicamente viável. Quanto à água resultante, poderia ser direccionada para estações de dessalinização para gerar água potável.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]