2022/02/01

Sites com Google Fonts violam RGPD na Europa

Um tribunal alemão deliberou que sites que usem Google Fonts violam o RGPD / GDPR por permitirem que a Google tenha acesso ao IP dos visitantes sem autorização.

Depois do pesadelo dos popups de consentimento dos cookies, a web prepara-se para ficar mais burocrática na Europa. Seguindo-se à "ilegalização" da utilização do Google Analtics chega a mesma decisão para o Google Fonts, um serviço da Google que permite utilizar diferentes tipos de letra em sites web.

Para que isso seja feito, a página contacta um servidor da Google, que assim passa a ter acesso ao endereço IP do visitante, violando o RGPD por estar a ser feito sem que o utilizador tenha dado o seu consentimento.
Se é certo que a capacidade de tracking dos gigantes tecnológicos é "assombrosa" (tanto no bom como no mau sentido) e deverá estar sujeita a limites e supervisão, também é assombrosa a capacidade burocrática dos políticos.

Pela mesma ordem de ideias, qualquer site que exiba fotos ou imagens alojadas no Google Photos, ou outro serviço de alojamento norte-americano, também será ilegal, pois a simples apresentação da página web - mesmo que seja uma página para pedir o seu consentimento - também implica que o endereço IP do utilizador já tenha sido enviado para os respectivos serviços!

Será que todos os sites terão que passar a exibir um formulário oficial de consentimento, alojado num servidor da UE, para autorizar que um cidadão europeu possa aceder ao resto da web? Ou será que teremos que usar browsers certificados europeus, que bloqueiem todas as comunicações com IPs do resto do mundo?

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]