2022/12/25

Dacia prepara Jogger Hybrid 140

O Dacia Jogger terá, em breve, uma versão equipada com o motor HYBRID 140, que incorpora transmissão automática e uma caixa de velocidades sem embraiagem.

A partir de Março de 2023, está prevista a chegada do Jogger HYBRID 140 aos concessionários, com as encomendas a iniciarem-se em Janeiro de 2023. O Jogger é o primeiro modelo da Dacia a apresentar tecnologia híbrida, contribuindo assim para a electrificação da gama da marca. Disponível em Portugal a partir dos 28.800 euros apenas na versão SL Extreme de 7 lugares, o Jogger é o automóvel familiar híbrido mais acessível do mercado. Uma versão em Cinzento Xisto (Schiste Grey) estará à venda por altura do lançamento, para além das seis outras cores de carroçaria já disponíveis.
Esta nova versão híbrida do Jogger apresenta todas as vantagens do conhecido Jogger, sem quaisquer compromissos – sem perda de espaço de carga e com o mesmo interior generosamente dimensionado. A prova da natureza multiusos e versátil do Dacia Jogger é o facto de a integração de uma bateria de tracção para o motor híbrido ter sido planeada logo desde o início. A bateria é instalada sob o piso do automóvel no compartimento da roda sobresselente, precisamente o mesmo local onde pode encontrar o depósito de GPL nas versões equipadas com o motor ECO-G 100.
O Jogger HYBRID 140 apresenta uma caixa de velocidades automática com um “modo B” que aumenta a travagem regenerativa, enquanto potencia o efeito travão/motor. A utilização deste modo permite uma maior recuperação de energia e, ao mesmo tempo, aumenta o conforto de condução em zonas urbanas. O condutor pode assim reduzir a utilização do pedal do travão, tornando a viagem excepcionalmente confortável, inclusivamente para os passageiros.

O Jogger HYBRID 140 apresenta um painel de instrumentos específico de 7″, que mostra vários focos diferentes de acordo com as preferências do condutor, assim como informação essencial como, o nível de carga da bateria, a autonomia restante e fluxo de energia, para citar apenas alguns. E, para maior conforto, o Jogger HYBRID 140 inclui, ainda, um travão de estacionamento eléctrico de série, bem como uma consola elevada com um espaço de armazenamento fechado e um apoio de braços.

O Jogger marca a chegada dos motores híbridos à Dacia, oferecendo uma potência combinada de 140 cv, bem como os melhores níveis de consumo de combustível e de emissões de CO2 da gama Jogger. Aproveita a tecnologia que já provou a sua eficácia e que se tornou amplamente reconhecida no Grupo Renault, com base num motor a gasolina de quatro cilindros, com 1,6 litros de cilindrada e 90 cavalos, dois motores eléctricos (um motor de 50 cv e um motor de arranque/gerador de alta tensão), e uma caixa de velocidades eléctrica automática, com quatro velocidades, acoplada ao motor de combustão e de duas velocidades acopladas ao motor eléctrico. A ausência de embraiagem permitiu à Dacia integrar esta tecnologia combinada.
A travagem regenerativa, combinada com os elevados níveis de recuperação de energia da bateria de 1,2 kWh (230V) de capacidade e a eficiência da transmissão automática, permitem:
  • uma propulsão totalmente eléctrica em 80% das viagens urbanas.
  • uma economia de combustível até 40% maior em comparação com um motor de combustão interna, em ciclo urbano, conduzido da mesma maneira.
A tracção totalmente eléctrica do Jogger no arranque, bem como a transmissão automática, tornam o automóvel confortável e fácil de conduzir, aumentando tanto o prazer de condução, como o desempenho energético.

A bateria carrega quando o condutor trava ou abranda, criando uma experiência híbrida verdadeiramente ilimitada. O Jogger HYBRID 140 tem uma autonomia de mais de 900 km (em ciclo combinado WLTP). A bateria do Jogger HYBRID 140 tem uma garantia de oito anos ou 160.000 km, o que ocorrer primeiro.

[Pela Estrada Fora]

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]