2022/12/11

Microsoft Edge abandona Windows 7 e 8 em Janeiro de 2023

Quem ainda se mantiver no Windows 7 ou 8.1 deixará de ter acesso ao Edge a partir da versão 109 a 12 de Janeiro de 2023.

Sem grandes surpresas, e replicando o anúncio que já tinha sido feito pela Google relativamente ao Chrome, que também abandonará estes Windows mais antigos em Fevereiro do próximo ano, também a Microsoft fará o mesmo com o browser Edge - que, relembre-se, também utiliza o mesmo motor Blink utilizado pelo Chrome.

A Microsoft refere que continuará a ser possível correr o Edge versão 109 nestes Windows (também englobando o Windows Server 2008 R2, Windows Server 2012, e Windows Server 2012 R2), mas isso é apenas uma forma simpática de tentar amenizar uma situação que se torna profundamente desaconselhada, uma vez que a falta de actualizações rapidamente deixará esta versão com falhas e vulnerabilidades de segurança que tornarão bastante arriscado o seu uso continuado.

A recomendação da Microsoft é que os utilizadores façam a actualização para o Windows 10 ou Windows 11 até Janeiro de 2023, para se manterem seguros. Apesar do Windows 7 ainda representar mais de 10% dos computadores Windows a nível mundial (muito mais que os 2% do Windows 8.1), este abandono do Edge e do Chrome deverá contribuir significativamente para diga o derradeiro adeus em 2023.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]