2023/01/05

Era Windows 7 e Windows 8 chega ao fim

A era do Windows 7 e Windows 8 está prestes a terminar, com o fim das actualizações de segurança a 10 de Janeiro.

Apesar de oficialmente já terem perdido o suporte há alguns anos, a Microsoft ainda ia disponibilizando actualizações de segurança para o Windows 7 e Windows 8, coisa que irá deixar de acontecer a partir do dia 10 de Janeiro de 2023.

Como se isso não fosse suficiente para desincentivar a sua utilização, também o Chrome e o Edge já anunciaram que estes sistemas deixarão de ser suportados pelas novas versões destes browsers. E embora possam continuar a utilizar as versões actuais, já se sabe o enorme risco que é utilizar browsers desactualizados para aceder à internet.

Estima-se que ainda existam cerca de 100 milhões de computadores a usar Windows 7, que foi uma das "boas" versões do Windows - que ajudará a explicar porque motivo tantas pessoas ainda se sentem reticentes em mudar. Mas, agora deixará de haver desculpas para se manterem neste Windows, sendo obrigatório que se mudem para o Windows 11, que obrigará a um período de adaptação; ou, em alternativa, e se apenas valorizarem o acesso à web, até podem considerar a mudança para Linux ou até mesmo o Chrome OS.

Adeus Windows 7, sem dúvida que para muitos irá ser considerado como sendo o último "verdadeiro Windows". :)

2 comentários:

  1. O Windows 10 não teria direito a uma espécie de "primeira" chance por parte de quem se vê obrigado a atualizar?
    😬🤔

    ResponderEliminar
  2. Ninguém vai ser obrigado a mudar de sistema operativo, a Microsoft não desactivou o Windows 7, apenas, em princípio, não actualizará mais esse sistema operativo, só porque não quer. Mesmo assim tomara o ecossistema Android e a Apple puderem gabar-se como a Microsoft de manterem um aparelho com um sistema operativo com actualizações de segurança durante 10 anos. Estamos a falar de empresas comerciais (Google, Microsoft, Apple) que ganham milhares de milhões e mesmo assim, ainda hoje em dia não conseguem fazer algo que possa ser mantido ativamente por 50 anos ou até mais. Claramente algo não está certo quando tendo acesso a recursos humanos e financeiros quase infinitos mesmo assim não conseguem meter e manter algo estável ao longo de décadas, pelo menos ao nível de funcionalidades cruciais (exemplo: suportar novas cifras nas comunicações, suportar novos protocolos de comunicação como o IPv6, adicionar firewalls mais eficazes, e coisas deste género que podem perfeitamente ser feitas em muitos casos e que só não fazem porque não querem, não têm primor... têm os recursos mas falta-lhes a vontade.
    Quanto a Browsers, pelo menos o "New Moon" baseado no Palemoon deve continuar a funcionar tanto no Windows 7 e Windows 8 como até no Windows XP, o endereço é grande por isso aqui vai um encurtador: bit (ponto) do/newmoonbrowser , pessoalmente gosto mais da versão 28, não funciona em todo o lado, mas parece funcionar em mais web sites que a versão 27.

    ResponderEliminar

[pub]