2016/01/05

Pré-venda dos Oculus Rift começa a 6 de Janeiro

A comercialização dos Oculus Rift estava prometida para o primeiro trimestre de 2016 e parece que a Oculus não quer perder tempo. A pré-venda para este que será o mais mediáticos dos óculos de realidade virtual dos últimos anos começa já amanhã, dia 6 de Janeiro.

Actualização: todos os que investiram nuns Rift no Kickstarter vão receber esta versão gratuitamente (detalhes no final do artigo).

Os Oculus Rift tiveram uma evolução que se pode dizer ser quase "de sonho". Nascidos de um projecto de crowdfunding, depressa atraíram as atenções (e aliados de peso, como John Carmack) e demonstraram que o seu propósito de nos trazer uma nova era de realidade virtual à altura das expectativas era mesmo para cumprir. A sua aquisição pelo Facebook veio apenas confirmar aquilo que já todos sabíamos... e depois era apenas uma questão de esperar pelo produto final, que se aproxima agora das lojas.


As pré-vendas para os Oculus Rift abrem amanhã, 6 de Janeiro, às 16h em Portugal continental (se não me enganei na conversão das horas) e finalmente ficaremos a conhecer o seu preço de venda a público... a não ser que seja daquelas pré-vendas sem preço indicado, como alguns operadores de telecomunicações gostam de fazer por cá. ;P



É esperado que o preço dos Rift ande na casa dos 350-400 euros... e mesmo sabendo que virá incluído com dois jogos, o Lucky’s Tale e o EVE: Valkyrie, seria bom que esse valor não fosse ultrapassado. Afinal, para quem não tiver um PC à altura, terá que contar com um investimento de cerca de 1000 euros numa máquina nova.

Os requisitos são um PC com Windows 7 SP1 ou mais recente, 8GB de RAM, CPU Intel i5-4590, Nvidia GTX 970 / AMD 290, saída de vídeo HDMI 1.3, e 2x USB 3.0. Quanto aos Rift em si, têm dois ecrãs OLED com uma resolução total de 2160x1200 e funcionando a 90Hz.

... Para além do preço, só falta mesmo saber em que data é que começarão a ser entregues aos compradores.

Os países em que os Rift ficarão disponíveis desde já (Portugal não está na lista): EUA, UK, Austrália, Bélgica, Canadá, Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Islândia, Irlanda, Itália, Japão, Holanda, Nova Zelândia, Noruega, Polónia, Espanha, Suécia e Taiwan.


Actualização: A Oculus fez uma surpresa final a todos os que acreditaram no projecto e tinham inicialmente investido nos Rift quando ainda não passavam de mais um projecto no Kickstarter, com o anúncio de que todos esses investidores irão receber gratuitamente uns Rift (mais concretamente uma versão exclusiva Rift Kickstarter Edition). Uma excelente notícia e justa recompensa para todos os acreditaram neste projecto.


Actualização 2: As vendas já começaram, e o preço é bem mais elevado do que se imaginava: $599. As entregas estão anunciadas para Março e há também a limitação de apenas se poder comprar um conjunto por cliente (certamente para  minimizar a revenda a preços inflacionados no Ebay).


É um valor que poderá ser justificado em parte pela utilização de hardware melhorado para os Rift (dois ecrãs OLED de alta-resolução em vez de um único ecrã LCD), e a inclusão de uma câmara adicional para fazer o tracking de movimento de forma mais precisa.

Ainda assim, é um valor que o vai deixar apenas ao alcance dos verdadeiros entusiastas desta tecnologia; e que abre as portas para que a Sony capte a maioria dos consumidores com o seu PS VR, que irá ter um custo mais acessível e poderá ser utilizado directamente com a PS4.

18 comentários:

  1. Infelizmente ainda não há a certeza de as pre vendas incluírem Portugal. Provavelmente, sim mas Palmer apesar de dizer que é "Global" também diz que inclui inicialmente "mais de 20 países". Portanto isso quer dizer que afinal não inclui imediatamente todos os países e resta-nos saber se Portugal está incluído!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Palmer
      "Pré-vendas será global, não apenas nos EUA - Nós temos a certificação exigida em 20 países, mais se seguirão."

      Eliminar
  2. Más notícias: Portugal não está na lista inicial.
    Boas notícias: quem investiu nos Rift no Kickstarter vai receber uns óculos finais gratuitamente! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como sabes ???? Tens a certeza do que dizes ??? Se pudemos comprar DK2 certamente que tb vamos poder comprar agora!
      Espero que estejas enganado porque isso seria muito, muito, muito chato!

      Eliminar
    2. Está a informação no site deles, é só ir lá ver.
      https://support.oculus.com/hc/en-us/articles/216091397-Initial-Launch-Countries

      Eliminar
    3. Não tinha visto e não me conformo!Temos de massacrar o Palmer e a Oculus no Twitter pra incluírem Portugal!

      Eliminar
    4. Más notícias, já me responderam ao pedido dos envios para Portugal e dizem que não será mesmo possível nesta fase devido a diversos motivos "internos" (nem tão pouco conseguem dizer se isso virá a mudar.)

      Resultado... lá tive que mandar via UK.

      Eliminar
    5. Isso é muito decepcionante! E injusto!
      A mim tb me deram uma resposta inútil!

      Como é que mandaste vir "via UK" ? Pelo Amazon ?

      Eliminar
    6. Via Forward2me (serviço de reencaminhamento de encomendas). Assim posso dar-lhes uma morada no UK, que depois é reenviada para cá (pagando os portes extra, claro).

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Mas com imposto empurra para 777,217 euros ( £ 529,00) ! Um exagero!

      Eliminar
    2. E ainda me falta saber quanto terei q pagar pelo endereço virtual!

      Eliminar
    3. O Palmer é um ganancioso e arrisca-se a tornar-se no gajo mais odiado da internet! Eles esperaram até o ultimo minuto para revelarem o preço (depois de darem a entender que seria pouco mais de 350 e que não seria lucrativo para Oculus) ... Um truque sujo para nos apanhar desprevenidos e não nos deixar pensar muito antes de nos comprometer-nos com a pre ordem! O gajo sabe que nos tem na mão e é claro que não iria desperdiçar essa oportunidade!
      Mas com isso vendeu a alma e duvido que a consiga recuperar algum dia!

      "@PalmerLuckey Palmer is a vain and greedy. He just wants our money!"

      Eliminar
  4. A massificação do VR vira apenas com o PSVR.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que tas a ser muito otimista porque não vejo grande diferença do Rift já que se estima que o preço do PSVR tb pode chegar a 600 ou mais euros. E ainda há que incluir tb as despesas com requisitos minimos para o pc. Então não estou a ver qual a vantagem em relação ao Rift! Para mim estes dispositivos não poderão atingir as massas enquanto não baixarem drasticamente de preço. Mas ainda assim não basta baixar o preço dos dispositivos vr porque ainda há o custo associados ao pc. Ainda por cima numa altura em que a maioria das pessoas estavam a começar a trocar os laptops pelos tablets e smarphones! Enfim, ter um pc caríssimo só para a realidade virtual é um luxo que poucos poderão pagar!

      Ontem na abertura das pre ordens do Rift, quando revelaram o preço na ultima hora, e nos fizeram sentir como ovelhas a ser tosquiadas (ou melhor, saqueadas!) ficou bem claro que a hora não é de massificação vr e sim de ganancia e oportunismo! Afinal, o Palmer é só mais um ganancioso e um vaidoso que nos andou a enganar durante todos estes anos com falsas promessas (de uma realidade virtual acessível para as massas). Mas ontem deixou bem claro que já vendeu a alma ao diabo e que essa imagem romântica que tínhamos dele sempre foi uma grande mentira e tudo o que ele quer é o nosso money!

      Eliminar
    2. Espera-se que o PS VR custe abaixo dos 400 euros. E não tens custo acrescido com PC, pois trabalhará com a PS4 (mesmo que se tenha que comprar uma, acaba por ser equivalente ao custo apenas de uma GTX 970).

      Mas nesta fase inicial não se pode esperar que isto se vá massificar... ainda estamos a falar de uma "primeira geração", ainda terá que haver muita evolução nos displays, e capacidade para depois lidar com as resoluções elevadas.

      Ainda assim, a questão do custo é sempre relativa: há quem gaste bem mais que isso só numa placa gráfica, ou num monitor com refresh rate elevado; ou num volante com force feedback; ou num joystick de nível aeronáutico. É para esse segmento que esta primeira geração dos Rift estará virado...

      A única coisa que se pode culpar o Palmer é a de não ter preparado os fãs para o custo superior ao que tinha sido insinuado. O preço acredito que seja praticamente "de custo" nesta fase, e não será com estes modelos que eles irão em busca dos lucros (de outra forma, não se teriam dado ao trabalho de oferecer um kit gratuito a todos os investidores do Kickstarter.)

      Eliminar
    3. Não nos preparou e andou a iludir-nos levando muitas pessoas a ve-los como deuses! E guardaram essa bomba até o ultimo minuto. Ora não me venham dizer que não fomos traídos e usados! Eu pessoalmente nunca fui nessa treta e sempre os vi como uma empresa como as outras, por isso já estava preparado para o que aconteceu. Mas basta ir á página do Palmer no Twitter para ver a quantidade de pessoas que se sentem traídas e enganadas! E espero que agora aprendam alguma coisa e deixem de os ver como se eles fossem Deus!

      Eliminar
    4. E ainda há o risco de os nossos pedidos serem considerados "fraudulentos"!

      "We do not support freight forwarding or concierge services at this time. Oculus reserves the right to cancel your order if it is suspected to be utilizing these services."

      Palmer mo Twitter:
      "Some people may see their ship date move forward as fraudulent orders in queu are weeded out. Hang tight."

      Eliminar

[pub]