2016/02/10

França proíbe Facebook de enviar dados para os EUA


França volta a bater o pé ao Facebook, e agora faz novo ultimato exigindo que a empresa deixe de enviar dados referentes aos cidadãos franceses para os EUA, e que deixe de fazer tracking dos utilizadores que não tiverem feito login no serviço.

O Facebook prepara-se para enfrentar nova dor de cabeça, desta vez com sotaque francês. A comissão nacional de protecção de dados do país está a exigir que o serviço deixe de enviar dados pessoais dos cidadãos para os EUA e que também deixe de fazer o tracking de utilizadores que não tiverem feito login no serviço sem o seu consentimento.

Quanto a esta última parte, a solução é simples e de fácil implementação, pois bastará fazer surgir no ecrã mais um daqueles avisos de que o site utiliza cookies e "faz o que quiser com isso pois ninguém se dá ao trabalho de ler e carrega no ok de tudo o que vir aparecer no ecrã" (isto por cortesia das burocracias europeias). Quanto à primeira parte... não sei como é que os burocratas esperam conseguir implementar uma medida que tenta aplicar restrições geográficas a uma rede mundial que se pensaria servir para abolir essas mesmas fronteiras.

Até posso compreender o interesse e preocupação de manter dados em território nacional (ou europeu) mas... será que estas pessoas têm consciência de que qualquer acesso aos mesmos poderá potencialmente fazer com que estes mesmos dados corram meio mundo? Ou será que esta medida vem acompanhada da obrigatoriedade dos dados guardados em território nacional só poderem viajar por routers e redes certificadas também localizadas em território nacional? E então como será se um cidadão francês quiser aceder aos seus dados durante uma visita aos EUA, será que está a infringir a lei? E como será se o sistema de distribuição e replicação dos dados também colocar alguns bytes referentes a este utilizador nos EUA?

... Sem querer estar a defender o Facebook, importa também relembrar que o Google e centenas de outros serviços fazem o track praticamente contínuo de tudo o que os utilizadores fazem na internet, e isso não parece estar a incomodar ninguém (para além de ocasionalmente fazer surgir a tal mensagem dos cookies que todos aceitam sem pensar duas vezes...)

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]