2016/02/19

John McAfee oferece-se para crackar iPhone do FBI e "salvar o mundo"


John McAfee tem sido um "personagem" polémico nestes últimos anos, mas não perde oportunidade para se fazer notar. Agora lança um novo repto a propósito da batalha entre FBI e Apple, disponibilizando-se para crackar o iPhone bloqueado... mas não pelas razões que se poderiam imaginar.

A Apple veio revelar publicamente aquilo que lhe estava a ser exigido, e que considera ser uma séria violação que colocará em risco a privacidade e segurança de todos os seus utilizadores (e aparentemente só o terá feito depois de ter sido o próprio governo dos EUA a trazer o assunto, que estava a ser discutido em segredo, para a praça pública), e agora não faltam outros que juntam as suas vozes a ambos os lados da questão. Entre o apoio por parte de empresas como a Google, Facebook, Twitter e até, mais timidamente, da Microsoft, surge agora o mediático John McAfee, que se oferece para crackar o iPhone tal como o FBI deseja.

McAfee diz que não faz isto por não concordar com a posição da Apple, mas precisamente para evitar que a mesma seja forçada a instalar uma backdoor, que ele consideraria ser algo equivalente "ao fim do mundo" da segurança digital. E não deixando de referir coisas como a vergonhosa política de segurança digital dos EUA que, segundo ele, se recusa a contratar hackers cheios de piercings ou com cortes de cabelo esquisitos. Hackers como os que ele diz integrarem a sua equipa "maravilha" que conseguirá crackar o iPhone sem grandes problemas.

Como argumentos diz ainda que é a única pessoa a surgir na página inicial de resultados do Google para quem pesquisar por "Cybersecurity Legend", e que comerá um sapato se não conseguir crackar o iPhone num prazo de três semanas. E pensavam vocês que os shows de reality TV só passavam na TV. ;)

5 comentários:

  1. "Cyberscience is not just something you can learn. It is an innate talent. The Juilliard School of Music cannot create a Mozart. A Mozart or a Bach, much like our modern hacking community, is genetically created. A room full of Stanford computer science graduates cannot compete with a true hacker without even a high-school education.
    So here is my offer to the FBI. I will, free of charge, decrypt the information on the San Bernardino phone, with my team. We will primarily use social engineering, and it will take us three weeks. If you accept my offer, then you will not need to ask Apple to place a back door in its product, which will be the beginning of the end of America."

    ResponderEliminar
  2. Melhor ainda, contratem o hacker que fez o Jailbreak original ao iPhone e da PS3, o George Hotz! ;)

    ResponderEliminar
  3. Piada pronta o cara quer fazer Social Engineering num morto hahaha. Ta se autopromovendo simplesmente.

    ResponderEliminar

[pub]