2016/03/16

Google duplica recompensas para quem hackar um Chromebook


A Google é uma das empresas que recompensa (e bem) os hackers que conseguirem encontrar vulnerabilidades nos seus produtos, e demonstrá-lo temos a duplicação da recompensa de quem conseguir comprometer um Chromebook, que passa a ser de 100 mil dólares.

O programa de recompensas pelos bugs e vulnerabilidades que resultem em falhas críticas não é novo, mas a Google achou que estava na altura de dar um novo incentivo e abrir o apetite aos hackers.

O prémio para quem conseguir infectar um Chromebook de forma permanente era de 50 mil dólares, mas depois de um ano sem que ninguém apresentasse um método válido de o fazer, a Google duplicou o valor para os 100 mil dólares, tornando o desafio bastante mais apetecível. Certamente muitos investigadores e hackers, que até aqui achavam que 50 mil dólares não dava para pagar o seu tempo a explorar um processo, irão repensar o assunto.

Ainda assim, só em 2015, a Google pagou mais de 2 milhões de dólares a investigadores que encontraram falhas - e bem que se pode dizer que esse foi um pequeno preço a pagar para garantir que os seus produtos são capazes de resistir aos ataques incessantes que ocorrem na internet, e manter os seus utilizadores a salvo.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]