2016/04/10

Frota de camiões sem condutor já circulou nas estradas da Europa


Não são apenas os automóveis que se desejam ver livres dos condutores. Também os camiões estão a seguir caminho idêntico, e uma frota de camiões de diferentes marcas já percorreu milhares de quilómetros nas estradas europeias, praticamente sem intervenção dos condutores.

Se muitas pessoas esperam ansiosamente pelo dia em que possam deixar de se preocupar com a condução, facilmente se imagina que esta tecnologia se torna ainda mais apetecível para as empresas de transporte, em que os condutores humanos mais sofrem, conduzindo durante grande parte do tempo. Uma das primeiras fases para a criação de uma rede de transportes de mercadorias sem condutores passa pela automatização parcial do processo, com a criação de comboios de camiões capazes de seguirem em fila automaticamente, maximizando a eficiência.

Este European Truck Platooning permitiria poupar milhares de euros em combustível por ano (em cada camião), por poderem viajar literalmente "colados" uns ao outros, mas de forma segura devido à constante comunicação entre todos os veículos - em oposição ao enorme risco que seria fazer isso por um condutor humano.

Resta só a questão de saber como se poderá compatibilizar estas frotas de camiões com os restantes veículos, uma vez que existem leis para impedir que os camiões circulem colados uns aos outros e possam potencialmente criar uma autêntica "parede" que impeça uma fácil ultrapassagem...


4 comentários:

  1. Os automóveis têm desejos? Então deve ser por isso que o meu me está sempre a pedir para ir à bomba, se calhar está grávida...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Confirmei agora mesmo com o KITT, e ele diz-me que sim, que quando for grande deseja ser um Delorean capaz de voar e alimentado a lixo. :)

      Eliminar
  2. Esta contínua evolução da automatização de processos e até de profissões vai cada vez mais retirando emprego... dão uns quantos a informáticos e operadores, mas a quantidade de camionistas que hoje existem no futuro farão o quê?
    Sim.. ainda falta muito tempo até existir um sistema completo e fiável.. mas a dúvida é real e o problema acabará por surgir!

    ResponderEliminar

[pub]