2016/05/14

O problema matemático que está a fascinar o Japão


Como estão os vossos dotes matemáticos? No Japão há um problema que se tornou viral, e que parece demonstrar um cenário preocupante. É um problema que era correctamente resolvido por 90% dos jovens na década de 80, mas que actualmente está apenas a ser correctamente resolvido por cerca de 60%.

Contrariamente a muitos outros problemas matemáticos, aqui nem sequer se está perante um problema complicado, mas um que apenas nos coloca perante as operações básicas da soma, subtracção e divisão (com números perfeitamente digeríveis.)

Façam então a conta, antes de entrarmos na fase dos spoilers. :)

... Se disserem que o resultado é 1, então parabéns, as aulas de matemática compensaram; mas se acharem que o resultado é 9, então está na altura de reverem a ordem correcta das operações... ou de simplesmente prestarem um pouco mais de atenção à "ratoeira".

11 comentários:

  1. Não saber as propriedades da Matemática não existe calculadora que valha.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parece-me que o problema aqui não está nas propriedades da matemática, mas sim no facto de usares dois operadores de divisão diferentes (o sinal propriamente dito e a fração).

      O primeiro resultado que me veio à cabeça foi 9, porque pura e simplesmente, a minha cabeça viu uma fração com um operador que não era de soma antes, logo assumi que era uma multiplicação. Basicamente interpretei: 9-3*(1/3)+1.
      Como achei uma expressão "dumb-proof", fui rever, operação por operação e percebi que esse foi o meu erro.

      Estes problemas existem para serem resolvidos com atenção e não para levantarem polémica sobre as pessoas saberem ou não as prioridades das operações matemáticas.

      Eliminar
    2. Concordo com o Rui B. completamente. Assim a ver rapidamente até se assume que o sinal de divisão é um x. É um problema de atenção. Aposto que com uma barra o valor subia logo para 75% de respostas corretas :)

      9 - 3 / 1 / 3 + 1

      Eliminar
    3. Mori, deves estar é de fora. Com a barra, a dificuldade ainda se torna maior pois, neste caso, seria uma conta bem diferente senão repara:

      9 - 3/1 / 3 + 1 = 9 - 3/3 + 1 = 9
      9 - 3 : 1/3 + 1 = 9 - 3/1 : 1/3 + 1 = 9 - 9/3 + 1 = 9 - 3 + 1 = 4 + 1 = 5

      O resultado deste problema é, de facto, 5.
      No outro dia, ao fazer no smartphone, enganei-me e não sei bem porquê. Acho que foi de falta de papel para escrever.

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Tive que eliminar o comentário acima pois as minhas estavam, de facto, completamente erradas e só percebi ao refazer as contas. Mesmo sabendo, quando fazemos as contas de cabeças, por vezes podemos nos enganar. É por isso que contas, quando tenho que fazer, só com recurso ao papel.

      Eliminar
  3. Boa tarde,
    Eu já estou calejado com 6 matemáticas na universidade, lol.
    Quando vi a expressão meu cérebro escreveu:
    9-[(3/1)/(1/3)]+1 = 9-[ (3*3)/(1*1) ] +1 = 9-9+1 =1
    Ou seja, A/B*C/D, faço uma seta B*C e A*D. Easy.
    Ai matemática matemática, és igual e qualquer país e língua.
    :-D

    ResponderEliminar
  4. O que tem importância aqui são de facto as prioridades das operações... e não é de universidade, é de 2º ciclo... é alarmante que haja tanta gente que não as sabe... a primeira conta a ser feita é o 3:1/3 (=9), e depois fica 9-9+1=1

    A multiplicação e a divisão têm prioridade sobre o resto.

    ResponderEliminar

[pub]