2016/05/11

VirusTotal da Google fecha as portas às empresas que não contribuem

O VirusTotal é um serviço da Google que permite analisar todo o tipo de ficheiros para saber se estão infectados com virus ou malware, mas agora a Google mostra não estar com muita paciência para lidar com empresas que só se aproveitam desta valiosa informação sem para ela contribuírem.

Graças a um serviço como o VirusTotal, é extremamente simples para qualquer pessoa ou empresa criar um programa de antivirus sem trabalho. E parece ser isso que está a acontecer, com novos programas que se anunciam como sendo mais capazes que os programas tradicionais, da Symantec Intel (McAfee), Trend Micro - mas que na prática se aproveitam do seu trabalho de investigação e detecção (estas empresas contribuem com os seus resultados para o VirusTotal).

Terá sido isso que leva a Google a fechar as portas a este acesso ilimitado às empresas que não contribuem com as suas próprias análises. Ou seja, para se poder ter acesso ao trabalho (que custa dinheiro às empresas que descobrem e identificam virus e malware) será necessário também estar disposto a fazer esse investimento e partilhar essa informação. Nem todas as empresas estarão dispostas a isso, e há aquelas que dizem que esta medida irá levar a uma nova fragmentação do mercado de anti-vírus, levando a que muitas empresas optem por manter as suas descobertas em segredo como tentativa de dizerem que detectam mais vírus que programas concorrentes.

Quanto a mim, parece-me simples: se estão a usufruir de dados que outras empresas cederam, será apenas justo que também contribuam. Senão, poderemos considerar que estamos perante autênticas sanguessugas digitais.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]