2016/06/14

OnePlus 3 vem com 6GB de RAM e custa €399


As expectativas eram elevadas para o OnePlus 3, e parece que a OnePlus conseguiu cumprir com aquilo que se esperava deles: o OnePlus 3 assume-se como um novo flagship killer, chegando com 6GB de RAM e um preço de 399 euros.

Depois do bem sucedido OnePlus One que veio revolucionar o mercado e de um OnePlus 2 que já deixou algo a desejar, a marca faz um verdadeiro regresso às origens apostando num smartphone com hardware de topo a preço bastante convidativo face aos topo-de-gama de outras marcas.

O OnePlus 3 vem com ecrã AMOLED de 5.5" (1920x1080), Snapdragon 820, 6GB(!) de RAM, 64GB, câmara traseira de 16MP (Sony IMX 298) com estabilização óptica, câmara frontal de 8MP (Sony IMX179), corpo em metal, sensor de impressões digitais, ficha USB Type-C (mas só USB 2.0), bateria de 3000mAh e sistema de carregamento rápido Dash Charge (5V @ 4A) que em 30 minutos leva a carga de 0 a 63%, suficiente para um dia de utilização normal.

O preço de 399 euros não é barato, mas continua a ser um preço concorrencial para um smartphone com estas características e que nos chega com a garantia de excelente qualidade de construção (infelizmente um dos pontos em que muitas marcas chinesas mais económicas continuam a falhar.) Isto, a par da tradição de um acompanhamento contínuo a nível de actualizações durante o tempo de vida do equipamento, completa o conjunto.

Ainda assim, interrogo-me se não teria sido melhor opção continuar a apostar "apenas" nos 4GB de RAM e tentar fazer chegar o OnePlus 3 ao mercado com um preço de 349 euros... É que sinceramente não me parece que a diferença entre 4 e 6GB de RAM vá ter assim tanto impacto em utilização no dia a dia... (embora seja certamente um dos argumentos que ajudará a aceitar o preço de 399 euros.

8 comentários:

  1. Supostamente não iam haver várias variantes? Uma delas com menos RAM e com um preço mais acessível?

    ResponderEliminar
  2. estou curioso pelo resultado da câmera, o HDR e o Dynamic Denoise devem ser truques de software mas quero saber se funciona bem como exemplo ou ajuda na vida real. Estabilização óptica mecânica... espero que em breve se torne um standard

    ResponderEliminar
  3. E alguém deixa de comprar um telemóvel de 6 GB de RAM por €399 só para poupar €49 ???? O RAM extra pode não significar nada para quem faz um uso normal do telefone mas para quem gosta de ver muitos vídeos, jogar ou usa-lo para oculus de realidade virtual já faz uma grande diferença!
    E só não estou a pensar comprar um porque não preciso e porque estou cativo da Samsung por causa do próximo Gear vr (se valer mesmo a pena, é claro)!

    Ainda por cima com 64GB! E tomara eu ter 64GB de espaço e 6GB de RAM no meu Edge 6 que me custou quase 900!

    ResponderEliminar
  4. 6gb de RAM fazem uma grande diferença?como sabes? Nem 4 quanto mais 6...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Achas ??? Experimenta usar uns óculos vr e vais ver que notas a diferença quando o jogo começa a ficar lento e começa a travar... Lógico que 6GB faz uma boa diferença mesmo que não precises de tanto! No meu pc tenho 16GB de RAM e ainda me lembro de quando só tinha 2GB e estava sempre a encravar!

      Eliminar
    2. A lentidão de um jogo (num mobile) pouco será influenciada por o equipamento ter 4 ou 6GB de RAM - e tão pouco poderás comparar isso com um PC que salta de 2GB (mínimo para ser funcional) para os 16GB (valor mais "confortável").

      Se queres comparar com PC, imagina que agora passavas de 16GB para 32GB ou 64GB de RAM - e vê se isso te acelera a máquina (não vai ter qualquer impacto).

      Num dispositivo mobile, 4GB já é actualmente "mais do que se precisa" (vai servindo para manter mais apps supensas, ou páginas web abertas sem necessidade de reload/refresh) e 6GB apenas servirão para isso mesmo - aliado ao facto de que nenhum developer poderá optimizar apps para dispositivos com 6GB de RAM quando 99% do mercado tem smartphones que terão apenas 1 ou 2GB de RAM.

      Mais impacto prático teria aumentarem significativamente a velocidade da memória Flash, que actualmente vai sendo o "travão" dos equipamentos, ao mesmo estilo dos discos rígidos tradicionais nos PCs, e que faz com que a utilização de um SSD resulte em melhorias bem mais notórias no desempenho do que aumentar a RAM mais e mais.

      Eliminar
  5. Antes eram os mega pixeis, depois os full HD, 2k e o 4k, agora são as memórias RAM. O que realmente importa, armazenamento e bateria só mesmo praticamente as marcas chinesas com baterias de 4000ma ou mais.

    ResponderEliminar
  6. Ups...
    http://www.gsmarena.com/video_shows_the_oneplus_3_struggling_to_manage_its_6gb_of_ram-blog-18866.php

    ResponderEliminar

[pub]