2016/07/11

Samsung Galaxy S7 Active falha teste de imersão


Uma das características interessantes do Galaxy S7 é ser à prova de água, mas testes do Consumer Reports vieram agora lançar a suspeita de que isso poderá não ser garantido - e o mais estranho é que o que falhou foi o Galaxy S7 Active, que deveria ser ainda mais robusto que o S7 e S7 Edge.

O teste foi realizado pelo Consumer Reports norte-americano, colocando um Galaxy S7 Active à prova, para validar a sua certificação IP68 (que lhe daria protecção contra imersão prolongada) num tanque pressurizado para simular uma profundidade de 1.5 metros. Passados 30 minutos, o smartphone apresentava riscos no ecrã e eram visíveis gotas de água no interior das lentes de ambas as câmaras, e já não reagia aos toques no ecrã.

Para minimizar o risco de se tratar de uma unidade defeituosa, o teste foi repetido com outro Galaxy S7 Active, que voltou a falhar o teste e a apresentar sintomas idênticos. Mesmo depois de vários dias (fora de água) nenhum dos smartphones voltou a funcionar correctamente.

Os resultados surpreendem, pois trata-se de um smartphone que deveria apresentar uma capacidade de resistência à água superior à de um Galaxy S7 "normal". A Samsung continua a garantir que os seus smartphones têm certificação IP68 e que tem recebido muitas poucas reclamações relativamente a este caso (e que são cobertas pela garantia) - mas também fica no ar a questão de: quantos utilizadores irão realmente meter os seus smartphones debaixo de água para os testar?

Seja como for, a relação dos smartphones com a água não tem sido pacífica. O ano passado a Sony também teve que vir esclarecer que os seus modelos à prova de água não são para serem usados debaixo de água; e a própria Samsung também adverte no manual que é necessário garantir que todos os compartimentos estão fechados correctamente. O que é certo é que casos como este vêm dar razão à táctica que tem estado a ser usada pela Apple, que tem tornado os iPhones mais recentes resistentes à água, mas que não anuncia isso como característica oficial, assim libertando-se dessa responsabilidade e de todo o potencial para abusos que daí decorreriam.


Resumindo: é recomendado manter os smartphones fora de água, mesmo quando são modelos supostamente à prova de água.

Actualização: a Samsung afinal veio reconhecer que havia um problema na linha de produção.


Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]