2016/07/22

Verizon vai desligar utilizadores com tráfego "ilimitado" que usem mais de 100GB/mês


As polémicas em torno do tráfego ilimitado não conhecem fronteiras, e nos EUA também os clientes da Verizon que davam uso ao seu tarifário com dados ilimitados irão ser obrigados a mudar para mensalidades com limites de dados e preços mais elevados.

Já sabemos que os operadores de telecomunicações são peritos em brincar com as palavras para tentar cativar novos clientes; o problema é quando surgem clientes que realmente decidem tirar partido das condições pelas quais estão a pagar. Neste caso, a Verizon não está a gostar que alguns clientes gastem mais de 100GB de dados por mês nos seus tarifários ilimitados, e por isso vai desligar-lhes o acesso no final de Agosto, obrigando-os a mudar para um novo tarifário com limites de dados.

A operadora já acabou com os tarifários ilimitados em 2011, mas alguns clientes conseguiram manter os tarifários que já tinham, e alguns deles - diz a operadora - usam regularmente mais de 100GB por mês. Um valor que a Verizon considera excessivo e que supera o limite máximo disponibilizado pelos tarifários actuais (100GB, pela módica quantia de $450 por mês!) que se destina a ser usado por múltiplas pessoas.

Como sempre, a grande questão é que tudo é relativo e estes utilizadores estão simplesmente a utilizar o plano pelo qual estão a pagar. Bastará imaginar um utilizador que, tendo um tarifário com dados móveis ilimitados, não queira ter uma ligação fixa em casa, e use a sua ligação móvel para, por exemplo, manter a sua PS4 ou Xbox One ligada à internet. Ora, bastará comprar um ou dois jogos ou receber algumas actualizações para facilmente se superarem os 100GB (ainda um destes fins-de-semana, quando esperava ir jogar algo por uns minutos, fui confrontado com a necessidade de fazer uma actualização de um jogo que "só" descarregou 22GB!)

Nada tenho contra a necessidade dos operadores aplicarem limites... mas precisamente por isso deveriam indicá-los logo de início, e não se aventurarem a vender "ilimitados" que depois tantos incómodos lhes causam quando há quem realmente tire partido disso.

4 comentários:

  1. Não se preocupem, cá a moda não pega, quando muito reduzem a velocidade, não estou a ver os sanguessugas arriscar a perder um cliente que seja.

    ResponderEliminar
  2. ó meus amigos ainda não perceberam o esquema? Daqui a uns tempos as chamadas, sms´s, todas as comunicações vão ser "gratuitas", então o escravo tem que começar já a ser formatado que o que vai ter que começar a pagar vai ser só o acesso à rede global(net), porque todas as comunicações vão ser feitas só pela rede, capiche? Tão simples people... ;)

    ResponderEliminar
  3. Respostas
    1. isso em impossivel...ou então vais a falencia rapidamente porque estamos a falar em tarifarios moveis...a que saber ler.

      Eliminar

[pub]