2016/09/16

Apple censura pesquisas de GIFs animados no iMessage


O iMessage do iOS 10 ganhou funcionalidades acrescidas, e entre elas está uma que já está a revelar-se numa enorme dor de cabeça para a Apple: a da pesquisa de GIFs animados, que permite aceder a conteúdos considerados impróprios, como pornografia e não só.

A Apple permite adicionar mini-apps ao iMessage, e uma das que vem pré-instalada de origem (aparentemente só nos EUA, pois por cá parece não aparecer nos iPhones em que testei) é a de enviar GIFs animados. Só que não demorou muito para que os utilizadores descobrissem que podiam pesquisar por termos que davam acesso a imagens pornográficas, fazendo com que a Apple se apressasse a entrar numa corrida contra o tempo e começar a bloquear as pesquisas de todos os termos que possam ferir susceptibilidades.

Embora se possa compreender a Apple e o seu desejo de manter o iMessage longe de polémicas, o problema é que facilmente se percebe que esta é uma tarefa impossível quando se trata de tentar controlar o acesso a coisas acessíveis na internet. Ainda por cima quando até termos que se poderiam considerar pacíficos podem resultar em imagens impróprias - o que já levou a Apple a bloquear também a pesquisa por "huge".

É que a coisa não se limita à pornografia, e também já começam a surgir críticas às imagens relacionadas com nazismo, racismo e, bem sabemos, que não existe fim para o tipo de coisas que poderão ser consideradas impróprias na internet. A este ritmo, é de esperar que daqui por uma semana não se possa pesquisar por nada nos GIFs animados do iMessage. (E a melhor opção seria não incluir a pesquisa de GIFs de origem, deixando que fossem os utilizadores a activá-la expressamente... e assim ficarem à mercê das suas próprias opções - afinal.. até parece que não se podem continuar a aceder a esses conteúdos utilizando o Safari da Apple...)

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]