2016/09/22

Fotos "desfocadas" do iPhone 7 Plus chegam em versão beta


A câmara dupla do iPhone 7 Plus é a maior novidade desta geração de iPhones, e uma das coisas que ter duas câmaras possibilitam é simular o efeito de profundidade de campo reduzida, que permite desfocar o fundo de modo a dar maior destaque ao que se quer ter focado.

Estranhamente, esta funcionalidade que ficará disponível num novo modo Portrait na app da câmara, não estava pronta para ser incluída no lançamento dos iPhones, mas chega agora em versão beta - o que demonstra que a Apple está a trabalhar a toda a velocidade para a fazer chegar aos utilizadores o mais rapidamente possível.


Quando se activa este modo, o sistema utiliza a imagem da câmara com a lente telefoto, mas usa a informação da segunda câmara (com lente grande angular) para estimar a profundidade da imagem em 3D. Depois de determinar qual o ponto que se pretende focar, divide o resto da imagem em 9 níveis de profundidade - tanto para trás do sujeito focado como para a frente - e depois aplica um efeito de "desfoque" progressivo em função da distância.

É um processamento intensivo, mas que no iPhone 7 Plus é feito em tempo real, permitindo ver o resultado no ecrã antes sequer de se tirar a fotografia (mas notando-se o impacto no framerate, mais reduzido que os restantes modos de fotografia).



Para muitas situações o sistema funciona perfeitamente, e vai ao ponto de funcionar também com animais e objectos (a Apple anuncia este sistema como sendo para usar com pessoas, e onde a detecção do rosto ajudará a determinar o ponto de focagem ideal). Mas, há também situações em que se detectam as limitações do sistema...

O sistema não consegue lidar com imagens em movimento, causando efeitos de distorção idênticos aos do modo HDR; e também tem dificuldade em lidar com certos elementos (cabos, redes, cabelos, etc.).


Também se dá o caso de por vezes o sistema não conseguir fazer a separação do plano de focagem dos demais. Na foto acima, o fundo que era visível através do braço dobrado do bebé permaneceu focado em vez de levar com o efeito que foi aplicado ao resto do fundo.


... Por algum motivo a Apple ainda apresenta este Portrait mode como sendo "beta"; mas mesmo com as correcções e melhoramentos que vierem a ser feitos, há que ter em conta que este sistema continua a ser uma simulação, e que por isso poderão existir casos em que não funciona tão bem como uma câmara real com a lente de grande abertura. Seja como for... para o efeito pretendido, serve!

7 comentários:

  1. ja tenho isso á tanto tempo nos meus xiaomis sem nenhum aplicativo extra. ios sempre a inovar, parabens

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acontece há uns 3 anos com a Google Camera.

      Eliminar
    2. Não sou de comentar notícias, mas para o @kincas eu abro uma exceção! Benvindo a 2014 - http://www.computerworld.com/article/2476104/smartphones/in-pictures--here-s-what-the-htc-one-s-dual-cameras-can-do.html

      Eliminar
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    4. Sim, há muito que há formas de simular o depth o field, mesmo com uma câmara (na da Google temos que movimentar o smartphone para ele apanhar a informação) - e também nos modelos que saíram com duas câmaras nos últimos anos.

      A "novidade" no caso da Apple, parece-me ser o facto disso estar a ser apresentado em tempo real, directamente no ecrã, e não só apenas depois de se tirar a foto. Se isso é suficiente para ser considerado inovador... ficará ao critério de cada um. :)

      P.S. Quando receber o 7 Plus darei mais feedback. :)

      Eliminar
    5. Se estivessem a falar da mesma coisa......

      Eliminar

[pub]