2016/09/25

Pearl RearVision adiciona câmara traseira a qualquer carro sem complicações


Há umas semanas falamos do FenSens, que adicionava sensores de estacionamento na moldura da matrícula; agora, temos um conceito idêntico mas que conta com uma câmara: o RearVision da Pearl.

A Pearl é uma empresa formado por dezenas de pessoas que saíram da Apple, e parece demonstrar que a ideia de lançar produtos "de luxo" continua no seu sangue. Se não conseguiram deixar de imaginar que o conceito do FenSens seria ainda melhor se pudesse ter uma câmara, foi precisamente o que a Pearl fez com este seu RearVision.


O RearVision não é barato ($499.99) mas dá para ver que é um produto onde nenhum pormenor foi deixado ao acaso. O sistema assume-se como uma moldura para as matrículas (no formato norte-americano); mas aqui temos também direito a detalhes como a existência de painéis solares na molduram, que evitará a necessidade de recarregar o aparelho; um dongle OBD que, imagino eu, servirá para tratar da questão de detectar quando se engrena a marcha atrás para activar o sistema; e até um suporte magnético para se fixar o smartphone no interior do carro.

O utilizador pode ver o vídeo em tempo real no seu smarpthone, e com a garantia de que pode ter um ângulo de visão bastante abrangente, que até permite seleccionar se queremos ver para um lado ou para o outro (útil no caso de estarem a fazer manobras em locais de visibilidade reduzida.)


O preço não é barato... mas considerando que em muitas marcas o preço de algo idêntico é ainda superior, não deixa de ser uma opção a considerar (mas se não forem tão esquisitos, nada vos impede de comprar uma micro-câmara WiFi por 12 euros para terem algo não tão bom, mas que já permitirá ver o que se passa atrás do automóvel.)


4 comentários:

  1. Em caso de sinistro por trás devido aos chicos-espertos que não deixam distância de segurança para o veículo da frente queria ver o veículo sinistrado a provar perante a seguradora que também lhe deviam pagar a câmara. O mais certo era serem 500$ para o galheiro!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não vejo onde esteja a dúvida... quando há um sinistro, na declaração apresentam-se os danos do veículo... se a câmera for danificada, não há qualquer dúvida de que o seguro também pagará a sua reparação (sempre que condutor do veículo não seja o culpado pelo sinistro, claro)

      Eliminar
    2. É fácil de ver..."quando há um sinistro, na declaração apresentam-se os danos do veículo... se a câmera for danificada, não há qualquer dúvida de que" a câmara não é abrangida pelo seguro do automóvel visto que este só abrange a condição do veículo, seus ocupantes e bagagens (se estiver em cobertura adicional) e não me venham dizer que uma câmara na matrícula é considerado bagagem porque a resposta a isso será a mesma dada por uma seguradora.
      Mesmo no caso dos chamados seguros contra todos os riscos isso não implica que sejam ressarcidos todas as despesas. Posso estar enganado mas em tema de seguradoras há sempre maneira de nos lixarem. Aliás relativamente a este ponto o justo seria realmente a seguradora pagar tudo conquanto estivesse na cobertura do seguro. Mas entre o que é justo e o que realmente se passa vai uma distância larga.

      Eliminar
    3. Realmente estava-me a esquecer do caso da responsabilidade civil e de danos materiais (como aquela malta que vai contra os muros das casas e afins) mas não sei até que ponto não arranjavam maneira de fugir com o rabo à seringa nesta situação.

      Eliminar

[pub]