2016/10/20

Tesla proíbe utilização do modo autónomo para ganhar dinheiro - a não ser na sua própria plataforma


Embora os Tesla 100% autónomos ainda estejam a alguns anos de distância, é impossível não começar a imaginar as potencialidades ao vermos o seu último vídeo de demonstração das suas capacidades. Mas, a Tesla quer já aplicar um travão nessas ideias, proibindo a utilização dos Tesla em modo autónomo para ganhar dinheiro em serviços como a Uber... mas deixando fazê-lo na sua plataforma que eles próprios irão criar.

Ao se ver um carro que é capaz de nos deixar no destino e seguir viagem sozinho em busca de lugar para estacionar, será inevitável não pensar em: "mas porque motivo, em vez de estar parado e a pagar pelo estacionamento, não meto o carro a render a fazer transportes para a Uber ou serviço equivalente?" Claro que por agora ainda existe todo um pântano de questões legais por clarificar, mas eventualmente isso ficará arrumado (assim que os sistemas autónomos demonstrarem serem muito mais seguros e eficientes que os condutores humanos), e nessa altura isso passará a ser uma possibilidade real... excepto nos Tesla.

A Tesla proíbe desde já que o seu modo autónomo possa ser posto ao serviço de plataformas concorrentes de ride hailing e car sharing, reclamando para si essa exclusividade. Quem quiser prestar esses serviços com um Tesla terá que usar obrigatoriamente a Tesla Network, cujos detalhes serão revelados no próximo ano.

Ter em conta que esta proibição se aplica apenas ao carro em modo de funcionamento autónomo, sendo que nada impede o dono do carro de fazer estes serviços se estiver a controlar o carro manualmente. De qualquer forma é uma limitação que vai comprovando que a aquisição e usufruto de um carro começará a aproximar-se cada vez mais do tipo de licença que temos no software... em que não podemos fazer o que quisermos, ficando sujeito às regras e condições de utilização impostas. Um futuro que não será bem encarado por todos... e que poderá ajudar a potenciar a outra visão do futuro, em que será mais conveniente dar uso a estas redes de transporte com carros autónomos do que ter carro próprio.

... Esperemos é não chegar ao ponto em que só podem andar em carros da Google pessoas que tenham Android; que só possam entrar em carros Apple pessoas com iPhones; ou que para andar nos Tesla se tenha que ter um painel solar deles instalado em casa... :P

1 comentário:

  1. Deve ser para conseguir lidar com um carro a bateria e não agendar serviços quando se anteveja a necessidade de um carregamento. Certamente terá a ver com uma questão de imagem de marca e percepção perante o público.

    ResponderEliminar

[pub]